terça-feira, 8 de outubro de 2013

A SOMBRA DO TORTURADOR


Autor: Gene Wolfe

Título original: The Shadow of the Torturer


Este é o início da saga "O Livro do novo Sol", uma das sagas mais premiadas do género fantástico e, claramente, uma das mais aclamadas.

A história conta-nos a vida de Severian, um rapaz aprendiz de torturador num tempo longínquo em que o Sol está a morrer. No início não é fácil percebermos a base deste mundo mas o enredo também não nos obriga a necessitarmos de todos os detalhes para percebermos o que vai acontecendo, sendo até causador de várias surpresas (e por isso também não falarei sobre a base deste mundo). Com isto existe sempre a sensação que tudo pode acontecer sem o prevermos e tal dá uma excelente atmosfera ao livro. 

A juntar a esta atmosfera está a escrita de Wolfe, como sempre detalhada, cheia de significados e que pede ao leitor que leia a sua obra lentamente. Escrevo esta opinião já tendo lido 3 livros desta saga e posso garantir que muito do que aparece neste livro e parece não ter grande significado, realmente tem, e se não tivesse lido os livros de seguida não teria percebido como todos estes acontecimentos estão ligados. Simplesmente fantástico!

Olhando para as personagens, Severian, que apesar de não demonstrar sentimentos, o que pode afastar alguns leitores, tem uma personalidade com a qual simpatizei de imediato e que faz um excelente contraste com este mundo. Existem outras personagens de grande qualidade e nota-se que o autor gosta de explorar cada uma, mesmo que por vezes seja preciso a nossa atenção para o percebermos. Aliás, muita da qualidade deste livro está no facto de o autor conseguir colocar tanto significado quando menos se espera. Existe um momento, quase no fim, onde o autor tenta explorar a vida e a personalidade de um torturador, e pelo meio coloca tantos significados que é difícil não ficar abismado com as suas comparações. 

O enredo é bom, e para mim, neste género, é um dos aspetos mais importantes. Sempre rápido, sempre com significado, fiquei "agarrado" até ao fim e algumas vezes os acontecimentos surpreenderam-me. A parte final está muito bem conseguida e o final acaba de tal forma que é impossível não passar de imediato para o próximo.

Agora, o que faz este livro tão bom? Em primeiro lugar o que faz este enredo tão bom são os próximos livros, que explicam bastante do que aconteceu neste primeiro volume. Mas, olhando simplesmente a este, o que torna este livro bom é tudo. É o ambiente, o enredo, as personagens, a ideia base, a originalidade e a forma como o autor com uma narrativa ao mesmo tempo simples (porque a história é simples) mas também complexa (pela forma sublime como é exposta), consegue explorar certos conceitos e levar-nos a pensar. E aqui está um grande feito do livro: quanto mais pensamos, melhor percebemos que estamos a perceber muito pouco e reparamos que também Severian não tem noção de tudo o que acontece, e esta ligação entre personagem e leitor é intensa em certos momentos, principalmente quando Severian demonstra ser um personagem cheio de falhas e, consequentemente, muito mais realista.

Sendo o primeiro livro de uma saga, não me irei adiantar mais. Gene Wolfe é um autor que nos obriga a pensar, a estar atentos e a recordar o que lemos em páginas anteriores. Aqui não basta ler por ler sempre em frente. Aqui tudo se torna ainda mais intenso ao estarmos perante um mundo consciente de uma possível extinção. Na minha opinião, o que me agarrou a esta narrativa não foi a escrita em si, mas todo o efeito que ela (escrita) tem na história e na minha forma ler.

Este é o início de uma saga que foi largamente imitada no futuro e que mereceu os prémios que venceu. Por agora não me adianto mais, mas dentro de dias existirá nova opinião. Para já fica a garantia que se trata de uma saga muito recomendada.

Luís Pinto

16 comentários:

  1. Estou convencido! Vou comprar!

    ResponderEliminar
  2. Eu vou ficar à espera que acabes a saga mas para já estou curiosa. Nunca vi este livro à venda.

    Beijinhos e parabéns pela opinião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rute. Espero não demorar muito a acabar a saga! Fica atenta!

      Beijinhos!

      Eliminar
  3. Também vou esperar pela análise a toda a saga mas tive à procura dos livros e parece-me que vai ser difícil encontrar à venda.

    Parabéns pela análise objectiva. Fiquei com bastante curiosidade de ver as tuas próximas opiniões.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cardoso. Realmente não é uma saga fácil de se encontrar. Mas vale a pena o esforço!

      Abraço!

      Eliminar
  4. Parabéns, Luís, por uma excelente análise ao início de uma das minhas sagas favoritas. Li os livros em inglês e acredito que não seja fácil encontrar exemplares por cá, mas vale a pena o esforço. Acredito que vá gostando cada vez mais da saga. O meu favorito é o 3º mas todos eles são fantásticos e totalmente recomendados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá António. Fico muito contente por ter gostado e também por gostar tanto desta saga. Vou tentar acabar a saga rapidamente.

      Abraço

      Eliminar
  5. Olá Luís,

    Já li e confirmo não é uma leitura simples e vejo que depois de um 3 leitura e após a leitura dos seguintes consegues perceber certos acontecimentos ocorridos.

    Ainda nem uma vez li os livros todos e espero faze-lo, mas não vou desistir até porque comprendo que algumas respostas aparecem mais tarde.

    É uma saga que tenho disponível para ler :)

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha. Então fico à espera de ler a tua opinião sobre estes livros. Por agora estou a gostar bastante.

      Abraço

      Eliminar
  6. Olá Luis
    Eu estou a ler esta saga e vou no 5º volume, ainda não comentei, porque fiquei na dúvida se seria melhor comentar individualmente ou se no conjunto, e a falta de tempo aliou-se a esta dúvida. Agora comentarei no final deste ultimo livro.
    É uma saga fantástica, acho que uma das melhores que li até hoje.
    Gene Wolfe é fenomenal quer na criação do enredo, da história e na articulação entre personagens e entre mundos, quer na própria escrita. Gosto muito na maneira como escreve, criando uma "intimidade" com o próprio leitor, uma cumplicidade "deixando-nos à vontade para querer ou não seguir as suas aventuras", como ele próprio refere no final de cada livro.
    É muito bom :)
    E o teu comentário também, como já é habitual, parabéns
    Bj boas leituras com Severian

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá caminhante!

      Coincidência feliz estarmos a ler a mesma saga ao mesmo tempo.
      percebo a tua dúvida sobre comentar a saga toda ou um livro de cada vez. com cada livro a ter tanta complexidade e ligações entre eles, torna-se mais difícil. Já li 3 e estou a adorar. Agora vou tentar arranjar os próximos. Não está fácil!

      vou estar atento à espera da tua opinião a estes livros!

      Beijinhos e boas leituras!

      Eliminar
  7. Estou a ver que tenho mesmo de comprar este livro.

    Abraço e parabéns pela excelente análise como sempre. Venho a este blogue e a seguir vou gastar dinheiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tiago. Ainda bem que ficaste convencido. Se for o teu género, tenho a certeza que é um livro a ter em conta!

      Eliminar
  8. Gostei muito dos livros -- aqui no Brasil é praticamente impossível encontrá-los em português, por isso li em inglês. Estou terminando a última parte do ciclo: The Book of the short Sun. Apesar as duas outras partes do ciclo não terem personagens de marcantes como Severian, achei seus enredos mais cativantes. Pra quem consegue ler em inglês (ou espanhol) vale muito a pena não parar no quinto livro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá José!
      Realmente estou a pensar continuar com estes livro após o 5º. Mas por aqui também vai ser preciso passar para o inglês.

      Abraço!

      Eliminar