sexta-feira, 11 de outubro de 2013

A GARRA DO CONCILIADOR


Autor: Gene Wolfe

Título original: The Claw of the Conciliator


Vencedor dos prémios Nebula, Locus e nomeado para o Hugo Award, este 2º livro da saga "O Livro do novo Sol" é ainda melhor do que o primeiro.

Fazer uma análise a cada livro desta saga não é fácil para mim, pois a complexidade da narrativa e, principalmente, do enredo, não nos deixa definir onde acaba a ação/influência de um e começa o outro. Tudo está ligado e, tal como disse antes, esta é uma saga em que cada livro seguinte torna o anterior melhor pois muito vai ser explicado e vários acontecimentos ganharão um significado que antes não éramos capaz de perceber.

Este é um livro mais forte, mais sombrio, com momentos onde a força das descrições tentam alcançar o leitor, e torna-se cada vez mais difícil parar. Sendo assim, e a juntar a outros momentos onde a moralidade é posta em causa, ficamos perante um livro adulto, em tudo melhor do que o anterior e acredito que quem chegar aqui, não conseguirá deixar a saga a meio.

Gene Wolfe é um caso raro. O que se nota no primeiro livro é confirmado neste: Wolfe destrói muitos dos conceitos narrativos, principalmente do género fantástico, oferecendo uma saga singular e que obriga o leitor a estar atento. Esta necessidade de atenção que pode frustrar o leitor por momentos mas no fim, quando percebemos tudo, fica uma enorme satisfação. Lembro-me que quando acabei este 2º livro já tinha a certeza que um dia voltarei a esta saga, tentando absorver novos significados, talvez até, olhando para algumas decisões de forma diferente.

Neste campo das decisões, Severian torna-se cada vez mais um personagem memorável, graças às suas virtudes, mas principalmente graças aos seus defeitos. Enquanto narrador cria uma estranha ligação com o leitor e que no meu caso me levou a ponderar até que ponto tomaria as mesmas decisões.Outra questão interessante, e talvez das que dá mais qualidade ao livro é a forma como o autor explora o tema "morte". Por vezes, alguns autores esquecem-se que a morte condiciona cada passo de tudo o que fazemos, mas Gene Wolfe não o faz, transmitindo uma atmosfera forte misturada com o peso das decisões.

Novamente não me quero adiantar muito. O enredo é muito bom, o mundo construído também, e quanto mais avançamos melhor percebemos a base que sustenta esta história. A narrativa de Wolfe não é fácil mas o nosso esforço é compensado, e para já estou a adorar a saga, que se torna cada vez mais consistente e adulta. Como disse antes, é um livro mais negro, mais forte e que eleva esta saga a um novo patamar. O final é muito bom, novamente, e como já li o livro seguinte posso ainda afirmar que o melhor está para vir.

Luís Pinto

6 comentários:

  1. Cada vez mais à espera dos próximos livros. Estou a ver que esta série me estava a passar ao lado.

    ResponderEliminar
  2. Olá Luis! Também estou cada vez mais convencido a ler esta saga. Gostei bastante do texto sobre o primeiro livro e este ainda dá mais vontade. Vou esperar pela tua opinião até ao fim mas por agora parece mesmo muito interessante.

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. olá Luis
    aproveito este segundo volume para dizer em resposta à tua resposta no comentário do1º volume, que de facto é engraçado e de facto feliz a coincidência de estarmos a ler esta saga ao mesmo tempo.
    Eu também gostei mais deste livro que do anterior, por dois motivos. No primeiro livro estranhei muita coisa, embora tenha adorado, mas lembro-me de ler e de repente ter de voltar atrás umas páginas a pensar " espera lá, o que é que aconteceu aqui?". Neste já nos acostumamos ao ritmo do escritor e desfrutamos o livro de uma outra forma.
    Por outro lado como referiste e bem, este livro é mais forte, aborda conceitos bem interessantes e Severian torna-se uma personagem cada vez mais cativante.
    Ainda não terminei a saga e como tu penso que a vou voltar a ler novamente um dia. Tem de ser. há muito para apanhar no mundo de Urth.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá a ambos,

      Estão os dois a deixar-me curioso novamente, mau que isso é uma valente demanda e já estou mesmo a ver que quando vir o teu comentário vou ficar KO

      Parabéns Luís grande comentário ;)

      Eliminar
  4. Pedro Gouveiaoutubro 11, 2013

    Com estas opiniões todas só a falar bem, estou a ver que ando a perder uma grande saga.

    Continua Luís. No GR a nota dos livros é muito alta.

    ResponderEliminar
  5. Só agora li a tua opinião ao primeiro e agora com esta segunda crítica estou convencido. O meu irmão diz-me que não vai ser fácil arranjar os livros mas vou tentar aí por umas lojas. Vou continuar a apreciar as tuas críticas ao resto da saga. Como de costume grande qualidade na tua escrita. Parabéns!

    ResponderEliminar