quinta-feira, 30 de abril de 2015

ANTES QUE MORRAS


Autor: Samantha Hayes

Título original: Before you die





Este é o segundo livro que leio desta autora, sendo que o primeiro (Até que sejas minha) foi um livro que me ficou na memória, porque era bom, perturbador e com uma ideia final surpreendente. Para já um aviso: se quiserem mesmo ler este livro, não leiam a sinopse, pois acho que revela um pormenor que deve ser descoberto durante a leitura.

Tanto no livro anterior, como neste, a autora explora bastante os laços familiares da personagem principal, e qualquer um dos livros pode ser lido de forma independente. A grande diferença é que o anterior livro é fantástico pela ideia que tem do início até ao fim. A autora seguiu essa ideia e construiu o livro à volta desse momentos surpreendente. Aqui é diferente. Este livro tenta ser mais coeso, e acaba por ser menos marcante, sendo as suas qualidades, outras.

Apesar de a ideia base também ser interessante e de ser o grande catalisador do enredo, a verdade é que esta narrativa explora muito mais o que está para lá da investigação, o que torna o livro mais abrangente e menos focado, diminuindo assim o seu ritmo. Com isto, o livro explora várias personagens, sendo uma mistura de altos e baixos, com umas personagens estereotipadas e outras que me surpreenderam. Claro que as personagens mais importantes estão bem conseguidas, sofrendo apenas com alguns diálogos no início que parecem ter pouco peso no enredo, pois no início não percebi para onde a autora estava a caminhar. No entanto, ao chegar ao fim do livro percebo o caminho da autora e o porquê de certos desenvolvimentos, acreditando que terão impacto nos próximos livros.

Em relação ao thriller a autora sabe o que faz, e nota-se que é aqui que está o seu talento, notando-se facilmente que a autora sabe construir uma atmosfera de suspense com uma facilidade muito maior do que a explorar personagens fora desse suspense. E com essa qualidade, o livro começa a ganhar ritmo, começa a sufocar, alternando entre personagens e momentos, tocando nos temas principais, como o adultério, o suicídio e o cyberbulling, temas que estão na moda mas que nem todos os autores sabem explorar da melhor forma. No início parecia que a autora estava apenas a colocar estes temas dentro do enredo sem ter um objetivo definido, mas na última parte do livro vemos o sentido e que a autora jogou connosco e enganou-nos em alguns momentos.

"Antes que morras" é um livro interessante e inteligente em alguns momentos. É verdade que tem partes óbvias e outras em que parece divagar, talvez por ter algumas personagens que percebemos de imediato o que são, mas tudo isto passa ao lado porque este é um thriller com qualidade e com uma atmosfera que nos leva a continuar a ler sem parar. O grande problema deste livro é o anterior livro da autora, que é mesmo muito bom. "Antes que morras" é um bom livro que viverá na sombra do "Até que sejas minha", mas isso não o torna mau, a nossa expectativa é que o pode matar. Se gostam de policiais este é um livro a ter em conta e que vos irá manter acordados até ao fim. Gostei!

Luís Pinto

2 comentários:

  1. Como sempre gostei bastante do teu texto. Direto e imparcial é o que se quer. estou inclinado em comprar os dois livros da autora pelo que li aqui.

    Boas leituras!

    ResponderEliminar
  2. Carla Dantesmaio 04, 2015

    Fiquei convencida! Lembro que li o primeiro depois de ter lido a tua opinião e adorei. Tenho a certeza que também vou gostar deste!

    ResponderEliminar