segunda-feira, 9 de março de 2015

UM CASO PERDIDO


Autor: Colleen Hoover

Título original: Hopeless



Sinopse: Preferia saber a verdade, ainda que isso fizesse de si um caso perdido, ou continuar a viver uma mentira?
Quando Sky conhece Dean Holder no liceu, um rapaz com uma reputação tão duvidosa quanto a dela, sente-se aterrorizada, mas também cativada. Há algo naquela figura que lhe traz memórias do seu passado mais profundo e perturbador. Um passado que ela tentou por tudo enterrar dentro da sua mente.
Ainda que Sky esteja determinada a afastar-se de Holder, a perseguição cerrada que ele lhe dedica, bem como o seu sorriso enigmático, fazem-na baixar as defesas, e a intensidade da relação entre os dois cresce a cada dia. Mas o misterioso Holder também guarda os seus segredos, e, quando os revela a Sky, ela vê-se confrontada com uma verdade tão terrível que pode mudá-la para sempre. Será Sky quem ela pensa que é? E será que os dois conseguirão sarar as suas feridas emocionais e encontrar um modo de viver e amar sem limites?



Este livro foi uma agradável surpresa, sendo um dos livros mais surpreendentes para jovens adultos que li nos últimos tempos. É verdade que no início decidi ler este livro porque me foi recomendado, mesmo tendo em conta que a sinopse não me tinha convencido totalmente. Mas, como não podemos julgar um livro pela sinopse e como as recomendações tinham sido muito boas, decidi ler esta obra que durante todas as suas páginas apresenta um toque juvenil, sem ser muito carregado, tornando-se num livro que qualquer adulto poderá ler sem sentir que está perante algo mais juvenil. 

Na minha opinião, o grande trunfo que esta autora apresenta deste o primeiro momento é uma narrativa suave, rápida e que não se perde. A história desenrola-se com grande facilidade, sem saltos que não se percebam ou momentos em que não se note que a personagem ou o enredo está a evoluir. 

Sendo um romance bastante focado nas duas personagens principais, a exploração psicológica das mesmas está bem conseguida, com as revelações a aparecerem nos momentos certos, muitas vezes de forma surpreendente, mantendo o ritmo da leitura sempre elevado. No meu caso, as duas personagens demoraram a conquistar-me, mas desde o início que se percebe que existe algo de errado com ambas, tal como a sinopse assim o indica. Com isto, e com várias pistas à mistura, torna-se fácil ir especulando sobre alguns segredos, e se uns foram mais óbvios, outros são uma verdadeira surpresa, proporcionando bons momentos na leitura.

Mas claro que o final é o ponto alto, com a autora a correr alguns riscos mas a conseguir um final que surpreende e que é coeso, não existindo a sensação de forçar algum acontecimento. Para a qualidade do livro, muito se destaca Dean, sendo uma personagem realmente bem criada dentro do contexto, tornando-se, de forma indireta, na base do enredo mesmo que tal não se note verdadeiramente. 

Este é um livro que arrisca. Tenta enganar o leitor, tenta surpreender, e consegue. Em alguns momentos poderia ser mais adulto, mas noutros atinge a maturidade e deixa-nos a sua marca na nossa memória com momentos que não se esquecem facilmente, quer seja por surpresa, choque ou sentimento. Dentro do seu género, foi uma agradável surpresa que recomendo a todos. Se gostarem do género e se gostarem de duas personagens diferentes do normal, apenas me resta recomendar este livro, tal como tantas pessoas mo recomendaram a mim.

Luís Pinto

1 comentário:

  1. Fiquei com vontade de ler este. Ler as tuas opiniões dão cabo da nossa carteira e até agpra tenho lido livros muito bons graças a ti. Parabéns pelo trabalho e boa sorte com as próximas leituras.

    ResponderEliminar