quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

GRANDES ENIGMAS E MISTÉRIOS DA HISTÓRIA


Autor: Carlos Taranilla



Sinopse: Um livro que fala dos grandes enigmas e mistérios da história que, desde tempos ancestrais até à época contemporânea, despertaram o interesse do nosso imaginário coletivo. Desde os enigmas que encerram os textos bíblicos, como a Arca de Noé, a Torre de Babel, a Arca da Aliança, as trevas de Gólgota ou a numerologia bíblica, até às mortes mais desconcertantes como a de Tutancámon, Nefertiti ou Júlio César e as de Kennedy, Marilyn Monroe e Bruce Lee, que ainda hoje fazem correr rios de tinta, com as teorias mais incríveis sobre os seus finais trágicos.
Um livro divertido e rigoroso que analisa grandes descobertas arqueológicas, enigmas surpreendentes escondidos atrás de obras-primas, como as colossais cabeças olmecas, o cadáver acéfalo de Goya e de Füssli, ou dos lugares mais intrigantes, como a lenda do labirinto de Cnossos, a grande pirâmide de Quéops, as estátuas da ilha de Páscoa e o triângulo das Bermudas.



Todos gostamos de um bom mistério, e quando não é apenas ficção, mas algo real, ainda melhor. Foi por isso que decidi ler este livro, porque muitas vezes a realidade é melhor do que a ficção.

No entanto, não li este livro na esperança de ver aqui mistérios resolvidos, mas sim um olhar científico sobre o que podemos saber e concluir do que está à volta desses mistérios. E é exatamente isso que o livro nos oferece de forma simples e divertida.

O livro divide-se por vários mistérios, expondo as teorias, o porquês dos mistérios, o que falta saber e, em muitos casos, o porquê de se falar sobre algo, qual o impacto de certas teorias, qual o impacto mediático, quais os interesses, e até que ponto será possível um dia desvendar certos mistérios.

Para investigar cada situação o livro baseia-se em estudos científicos, nunca se perdendo muito em algo que não seja factual ou teórico a nível científico. Esta coerência científica agradou-me bastante, pois permitiu-me ver certos mistérios de um ponto de vista que em alguns casos é deixado de lado porque o misticismo e a teoria da conspiração é mais apelativo.

A isto junta-se o facto de o livro não tentar forçar uma solução para cada caso, mas aproximar-se dele, caso não seja possível algo mais. Tal facto agradou-me, porque assim a investigação não me pareceu forçada ou tendenciosa. Por fim, indicar que o livro está bem estruturado, é fácil de se ler e por vezes divertido, com uma escrita suave e que nos dá o contexto necessário para não nos sentirmos perdidos. Mesmo que nunca tenham ouvido falar de tal mistério, o livro dá sempre algum enquadramento, que é essencial para uma leitura mais viciante. Foi muito viciante ler sobre alguns mistérios que são mencionados na sinopse, gostei da investigação do autor e da facilidade como me explicou muitas coisas. Sendo um tema e um estilo que me agrada, gostei bastante deste livro, e não quero alongar-me a dar exemplos, pois cada leitor terá, certamente, o seu mistério favorito. Se após lerem a sinopse ficaram curiosos, então devem ler este livro. 

Luís Pinto

Sem comentários:

Enviar um comentário