terça-feira, 17 de julho de 2018

PEDIDO DE AMIZADE

 
Autor: Laura Marshall
 
Título original: Friend Request
 
 
 
Sinopse: Um pedido de amizade no Facebook…
É a coisa mais normal do mundo. Certo?
Maria Weston morreu durante a sua festa de finalistas do liceu. Era uma rapariga irreverente, autêntica e tinha a vida pela frente… O corpo nunca foi encontrado. Portanto, quando Louise Williams, 25 anos depois, recebe o seu pedido de amizade no Facebook, entra em pânico.
Depois do pedido, começam a chegar as mensagens. Inicialmente, parecem inofensivas. Memórias de um passado que Louise não quer relembrar, mas apenas isso.
Depois, começam a ser cada vez mais detalhadas, e as recordações aproximam-se perigosamente de um segredo que nunca deverá ser revelado. Louise nem imagina o que aconteceria se todos soubessem o que realmente aconteceu a Maria.
Mas, afinal, é apenas o Facebook, certo?
Mesmo quando Louise sente alguém a segui-la no metro. É tudo virtual, não é?
Até quando há objetos a desaparecer de casa. O que se passa nas redes sociais não é a vida real, certo?
Certo?
 
 
As redes sociais são uma parte bastante "importante" da vida da nossa atual sociedade se olharmos para o tempo que passamos nas mesmas, a importância que a sociedade lhes dá... este livro tenta explorar isso mesmo, a ligação, a dependência, e muito mais que não vou revelar. Foi, provavelmente, essa originalidade que me fez avançar.
 
Com um ritmo forte e sempre muitas dúvidas no ar, gostei da forma como a autora estruturou o suspense para me manter a ler sem parar. O grande motor desta leitura está na constante dúvida se estamos perante um thriller com um final inesperado mas realista, ou se será baseado em algo mais sobrenatural. Tirando esta questão que nos persegue até ao fim, o livro desenvolve-se bem, com personagens interessantes e alguns momentos que me surpreenderam. É verdade que pelo meio a autora força alguns acontecimentos mas nada que seja destruidor para o enredo.
 
Com personagens que ajudam a explorar a forma como vemos as redes sociais, os benefícios e os perigos que nos trazem, a autora conseguiu criar uma crítica social bastante competente que se mistura muito bem com o enredo.
 
Depois chegamos ao final, forte, coerente, surpreendente e com alguns contornos que não esperava. E é no final que o livro se revela, tornando-se mais coerente apesar dos momentos forçados que antes mencionei. O ritmo, as dúvidas, as personagens, os diálogos, tudo nos prepara para aquele momento. Globalmente, este é um livro bem pensado e um thriller que agradará aos que olharem para a sinopse e ficarem com vontade de ler algo envolto na questão das redes sociais e do "espaço" que existe entre o perfil e a verdadeira pessoa que poderá estar do outro lado do monitor. E é essa ideia perturbadora que aqui é explorada e que deveria estar sempre presente.
 
Luís Pinto
 
 
 
 

1 comentário:

  1. O livro ainda nao tive oportunidade de ler, mas vi o filme e adorei

    ResponderEliminar