quarta-feira, 26 de outubro de 2016

O TERCEIRO DESEJO


Autor: Andrzej Sapkowski

Título original: Ostatnie życzenie





Sinopse: O seu nome é Geralt de Rivia. Dizem que é um bruxo e um assassino sem misericórdia que vagueia pelo mundo à caça de monstros e predadores. Mas na verdade vive de acordo com o seu próprio código de conduta. A sua espada serve, em troca de uma recompensa, poderosos reis amaldiçoados, mas também os mais desfavorecidos.
Ao longo das suas viagens, Geralt encontra todo o tipo de criaturas – algumas saídas da mitologia eslava e dos contos populares dos irmãos Grimm – como vampiros e lobisomens, elfos, quimeras e estriges, trolls e génios que o tentam, satisfazendo todos os seus desejos.
Mas este é apenas o início das suas aventuras como viajante e feiticeiro que irá desafiar o destino num mundo em que criaturas de todas as raças coabitam numa paz precária prestes a despedaçar-se…



Enquanto grande fã dos videojogos da saga The Witcher, seria impossível não tentar ler estes livros. Há vários anos que estou para o fazer, mas agora com esta nova edição da Saída de Emergência a vontade ganhou nova força e decidi avançar.

Aqui, confesso, comecei com a expectativa muito alta, pois o enredo dos jogos é fantástico. Sabia que a história é diferente entre jogos e livros, mas acreditava que seria uma boa leitura, até porque o autor ganhou imensos prémios. Tal como se previa, o livro corresponde, sendo, claramente, um dos melhores livros de fantasia que li nos últimos tempos.

Sapkowski pega em vários clichés do género e altera-os para criar o seu mundo de forma diferente, mas bastante consistente. Como já era conhecedor do mundo dos videojogos, facilmente entrei no livro, mas o detalhe que o autor dá aos porquê deste mundo ser assim é realmente muito bom tendo em conta que estamos perante apenas o primeiro livro da saga.

Posto isto fica a sensação que o autor tenta, com relativa facilidade, explicar os motivos para o que vai acontecendo e para o que vai revelando, não ficando a noção de que está apenas a criar o seu mundo sem o explicar devidamente. A isto junta boas personagens e diálogos inteligentes e que dão sempre algo ao avanço do enredo ou à construção da personagem. Com isto o leitor sente que está sempre a aprender algo e o suspense aumenta porque o conhecimento que vamos tendo, dá origem a novas perguntas.

O enredo é interessante e Geralt é uma personagem ao mesmo tempo cativante e misteriosa. Mas o destaque é mesmo o mundo desta saga e a forma como o autor o descreve e conta a sua história. Senti que estamos perante um mundo que tem um passado coeso, que ainda falta revelar muito e que as principais perguntas serão respondidas.

Sendo o primeiro de uma longa lista de livros até ao fim da saga, não quero alongar-me muito, mas uma coisa é certa: a Saída de Emergência acertou nas suas duas novas sagas (esta e a saga de Steven Erikson que falarei noutro dia). Este início certamente agradará aos fãs de literatura fantástica e aos fãs dos videojogos The Witcher. Para já, vale a pena, e acredito que a qualidade se mantenha até ao último livro e que no final eu recomende a saga a todos! Muito bom!

Luís Pinto

1 comentário:

  1. Série composta de 7 livros

    Livro 1 editado pela Livros do Brasil e pela Presença (ambos com o título "O Último Desejo) e agora, também pela SdE

    Eu não sou editor, mas acho um bocado chato andarem a editar sempre as mesmas coisas e a esperar que o pessoal os compre....

    ----

    O meu comentário acima, não afecta em nada a análise ao que é na realidade um bom livro de fantasia.

    ResponderEliminar