segunda-feira, 26 de outubro de 2015

O PRÍNCIPE


Autor: Maquiavel






Escrito há cerca de 500 anos, este é um livro que marcou uma nação, marcou a evolução política do mundo e deixou-nos com uma poderosa frase "Os fins justificam os meios".

Para ler este livro deve-se antes perceber o quadro político durante o qual foi escrito. Itália podia dividir-se a qualquer momento, tornando-se num conjunto de nações singularmente mais fracas do que o seu todo. Tendo esta base, Maquiavel leva-nos pelo seu pensamento político e social, tentando mostrar os benefícios de um caminho e os possíveis fracassos de outros.

É, essencialmente, um livro sobre o jogo político, sobre como ele se deve moldar em relação a outras nações e à sua própria sociedade que evolui em conhecimento e pensamento. Itália enfrentava uma poderosa revolução no conhecimento científico e a política, sempre marcada pelo poder da Igreja, moldava-se lentamente. A sua cultura era admirada em todo o mundo, os seus artistas venerados. Maquiavel escreve sobre como a política deverá adaptar-se segundo a forma como o autor olhava o poder que deveria ser atribuído ao povo e ao governo. A própria forma como vemos um governo e um estado teve aqui um grande contributo, misturando conceitos e tornando-os em algo mais sólido, mais fácil de manter e, principalmente, mais virado para a política externa, quer estejamos perante Repúblicas, Impérios ou Monarquias.

A escrita, nem sempre clara, é de uma inteligência e perspicácia notável, e sejam quais forem as ideias políticas de cada leitor, é fácil perceber o pensamento deste livro, qual o caminho que quer seguir e o porquê.

Não existe muito mais que possa ser dito por mim nesta opinião. Este não é um livro sobre um enredo, mas sim sobre um pensamento, uma ideologia, uma forma de olhar um povo, orientá-lo, sustentá-lo e governá-lo. Qualquer pessoa que se interesse por política e sociedade, deverá ler esta obra, pensar, questionar e retirar conclusões. Mesmo ao fim de quinhentos anos, este ainda é, em certa forma, um livro atual, o que é ao mesmo tempo incrível e perturbador. Sem dúvida um grande clássico.

Luís Pinto

4 comentários:

  1. Parabéns pela escolha deste livro. Opinião muito interessante como sempre. Parabéns

    ResponderEliminar
  2. Já ouvi falar deste livro muitas vezes mas nunca o li nem tinha noção do que se tratava. Fiquei mesmo muito curioso e tendo em conta o preço, ire adquirir nos próximos tempos.

    ResponderEliminar
  3. Como sempre grande opinião e grande escolha. Nunca li este livro mas também fiquei curioso.

    Boas leituras!

    ResponderEliminar
  4. Como sempre a tua opinião é excelente! E concordo com o que dizes. Muito perturbador este livro! E actual.... infelizmente!
    Abraço
    Teresa Carvalho

    ResponderEliminar