quinta-feira, 3 de março de 2016

PREPARAÇÃO PARA A PRÓXIMA VIDA


Autor: Atticus Lish

Título original: Preparation for the next life



Sinopse: Premiado com diversos prémios e unanimemente considerado um dos melhores romances editados em 2014, Preparação para a Próxima Vida é um testemunho implacável dos milhões de indivíduos que habitam as margens do sonho americano. Neste fulgurante livro de estreia, com o fôlego dos grandes clássicos norte-americanos, Atticus Lish oferece-nos o reverso da América do postal turístico: selvagem, luminosa, sórdida. Zou Lei é chinesa e vive hoje ilegalmente nos Estados Unidos. O seu sonho americano? Trabalha dezasseis horas por dia num restaurante chinês e vive num miserável apartamento arrendado. Brad Skinner regressou há pouco tempo do deserto do Iraque, mas não deixou a guerra para trás. Em Nova Iorque, assombrado pelos mortos e estropiados do outro lado do mundo, vê no álcool e nos medicamentos uma hipótese de fuga. Para este par de combatentes na linha da frente do quotidiano, o amor era uma impossibilidade — e ainda assim Skinner e Zou Lei aproximam-se, como se um pudesse curar o outro. Mas nenhum fantasma fica adormecido para sempre. 



O que é o sonho americano? Quais são os nossos sonhos? Qual é afinal a dura realidade de quem trabalha uma vida inteira e nunca consegue ter uma vida com condições decentes?

Este não é um livro fácil e muitos leitores não o conseguirão ler com vontade do início ao fim, porque este livro confronta o leitor com realidades que preferimos esquecer durante todos os dia das nossas vidas. Uns desperdiçam dinheiro, saúde, oportunidades, amigos. Outros nunca terão nada disso, e, por vezes, simplesmente porque nasceram no local errado. Então onde está a justiça das sociedades que prometem igualdade para todos?

É a partir destas ideias, e de muitas outras que não quero revelar, que este livro começa com uma poderosa primeira fase. Aliás, a melhor parte do livro é a sua primeira metade, forte, reveladora, angustiante. A segunda metade é a consolidação da sua fase inicial, sendo capaz de explorar alguns temas e de juntar personagens com os mais diversos problemas financeiros ou sociais.

A escrita do autor por vezes pareceu-me apressada, outras vezes demasiado lenta, mas a qualidade está lá. O livro desenvolve-se por caminhos que por vezes são surpreendentes e em alguns momentos quase parecia que o autor estava a ficar sem ideias, mas acabou sempre por voltar ao seu ritmo e prosseguir com o enredo.

Gostei das personagens, não por criar uma ligação com elas, mas pela forma como foram construídas, pela forma como vão enfrentando os seus problemas e traumas, porque o passado define as pessoas e regressa sempre, mais cedo ou mais tarde. O resultado é um livro forte, que não agradará a todos, mas que tem qualidade para ganhar os prémios que ganhou. A noção final, após ler este livro, é que a grande qualidade da obra não está na história que o escritor escreveu, mas na mistura de temas que indiretamente atacam o leitor, levando-o para uma realidade tão comum e tão triste.

Não será um livro que agrade a todos, mas a realidade é mesmo assim. Agrada a uns, não a todos. Se procuram um livro sobre estes temas misturado numa história de amizade e amor, então vale a pena ter este livro. Tudo o mais que possa falar sobre esta obra apenas poderá revelar detalhes de grande qualidade num dos livros mais marcantes dos últimos tempos.

Luís Pinto

2 comentários:

  1. Deixaste-me com bastante curiosidade em relação a este livro. Quando o vi à venda não lhe dei grande importância, acho que por causa do título.

    ResponderEliminar
  2. Também não daria nada por este livro e agora fiquei com vontade de o ler. Parabéns pela escolha.

    Boas leituras

    ResponderEliminar