quarta-feira, 30 de abril de 2014

O SORRISO DAS ESTRELAS


Autor: Nicholas Sparks

Título original: Nights in Rodanthe




Sparks não faz propriamente o meu género de leitura, mas a verdade é que já li alguns dos seus livros, primeiro por curiosidade, tal é o seu sucesso, e também porque algumas pessoas que visitam o blog pedem para que leia alguns livros. E a verdade é que mesmo não sendo o meu género, Sparks consegue surpreender-me em alguns momentos, com temas interessantes e que encaixam bem na sua escrita simples e rápida.

Este é o livro mais pequeno e rápido que li do autor, graças à já habitual escrita simples do autor, sem extensas descrições nem enredos demasiado complexos. Este livro é esse espelho: um enredo simples, sem reviravoltas ou surpresas, e que se torna num daqueles livros que lemos num instante durante um fim de semana. Com poucas personagens, o enredo começa a desenvolver-se rapidamente, e em poucas páginas já estamos "dentro" da história, num livro que tenta ser leve mas com uma mensagem.

Aliás, este autor tenta sempre passar algumas mensagens, que o leitor poderá interpretar como quiser, pois o autor opta por nunca ser direto, deixando-nos espaço para pensarmos e tentarmos reter o que de mais importante este livro nos pode dar. Neste caso, também existem algumas mensagens, sendo que talvez a mais importante seja a noção de que nunca é tarde para procurarmos ser felizes. A felicidade deve ser sempre o nosso objetivo, qualquer que seja a nossa idade, qualquer que seja o nosso passado. Esta é a base deste livro, pelo menos no meu ponto de vista, e que dá significado ao que vamos lendo. 

Claro que o livro tem momentos mais "lamechas" e alguns momentos que parecem forçados ou óbvios mesmo antes de acontecerem, mas quem gostar do autor e deste género, terá aqui mais um livro interessante. Na minha opinião o forte deste livro são as personagens, pois estão bem construídas para um livro tão pequeno e que se quer rápido. Sparks dá-nos o essencial, de forma bem estruturada e segue um caminho mais simples e rápido para manter a leitura suave e célere.

No global, quem gostar do autor também gostará deste livro. com as suas mensagens, simplicidade e final cheio de emoção. Para quem, como eu, não seja um fã do autor, este livro lê-se rapidamente e sem grande esforço, sendo um livro que se encaixa bem no género. Quem não conheça o autor, tem aqui um bom livro para começar, pois é rápido e tem tudo o que o autor costuma colocar nas suas obras, sendo um bom ponto de partida para conhecer um dos escritores que mais vende no mundo. Claramente virado para o público feminino, Sparks sabe o que faz e as vendas comprovam-no. 

Luís Pinto

Sem comentários:

Enviar um comentário