segunda-feira, 28 de abril de 2014

Passatempo: Tea-Bag - Vencedor


PASSATEMPO

Tea-Bag
o sorriso da esperança

Vencedor!


Chegou ao fim mais um passatempo em parceria com a Editorial Presença e queremos agradecer a todos os que participaram para ganharem um exemplar deste livro de Henning Mankell.

A todos os que não ganharam, desejamos melhor sorte para a próxima! Estejam atentos a novos passatempos!


E o vencedor é: 

Helena Isabel Guerreiro Muralha Bracieira




Sinopse:

Jesper Humlin é um conceituado poeta sueco que está a passar por uma fase algo caótica da sua vida pessoal e, para cúmulo, o seu editor, intima-o a escrever um policial, género que o poeta despreza. Um dia, Jesper vai dar uma série de palestras na zona de Gotemburgo e entra em contacto com uma comunidade de imigrantes ilegais. Mas são três jovens, em particular, que o irão marcar profundamente e inspirá-lo para uma nova aventura literária - Tea-Bag, uma refugiada nigeriana, Leila, oriunda do Irão, e Tania, uma jovem da Europa de Leste. Cada uma delas traz consigo uma história de vida, a fuga à opressão e o anseio pela liberdade, uma voz que deseja ser ouvida e que faz nascer em Jesper a vontade de a dar a conhecer ao mundo. Um romance inspirador, iluminado pela esperança, a comédia e o humor e ensombrado pela realidade trágica das vidas que sofrem a marca indelével do preconceito e do racismo.

Henning Mankell nasceu em 1948, numa pequena cidade do Nordeste da Suécia. Publicou o seu primeiro romance em 1973, mas só se tornou conhecido em todo o mundo com a obra Assassino sem Rosto, de 1991, e com outros romances policiais, protagonizados por Kurt Wallander, que a Presença tem editado na coleção «O Fio da Navalha». Henning Mankell é um dos autores mais prestigiados a nível internacional e o conjunto da sua obra, traduzida em 45 línguas, vendeu já mais de 40 milhões de exemplares em todo o mundo. Tem sido distinguido com inúmeros prémios, entre os quais o Crime Writers’ Association Macallan Gold Dagger e o German Tolerance Prize. Mankell divide o seu tempo entre a Suécia e Moçambique, onde é diretor do Teatro Avenida, em Maputo.
 

DO AUTOR DE BESTSELLERS INTERNACIONAIS

COM MAIS DE 40 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS

1 comentário:

  1. Olá,

    Agradeço ao vosso blogue Ler y Criticar e à Editorial Presença por me permitirem usufruir de mais uma excelente leitura! :D

    Um bem haja,

    Helena Bracieira

    ResponderEliminar