terça-feira, 31 de maio de 2016

RAZÕES PARA VIVER


Autor: Matt Haig

Título original: Reasons to stay alive



Sinopse: O que significa, afinal, sentirmo-nos verdadeiramente vivos? Aos 24 anos, o mundo de Matt Haig desabou. Ele não via luz ao fundo do túnel nem forma de conseguir continuar a viver. Este é o relato do próprio sobre a forma como ultrapassou uma crise profunda, triunfou sobre uma doença que quase o matou, e reaprendeu a viver. De uma forma emocionante e divertida, Matt Haig leva-nos através das suas conquistas e descobertas sobre a vida e como a viver melhor, amar melhor e sentir-se verdadeiramente vivo. Razões para viver é mais do que um livro de memórias, é um livro sobre como tirar o máximo partido da vida enquanto cá estamos. «Escrevi este livro porque os velhos clichés permanecem verdadeiros. O tempo cura. O fundo do vale não nos dá a melhor perspetiva. Há mesmo luz ao fundo do túnel, mesmo que não sejamos capazes de a ver. As palavras podem mesmo libertar-nos» 



Este livro foi o primeiro que li do seu género. O relato pessoal da luta contra de depressão, da forma como se está no fundo e se volta, dos caminhos que se escolhem, da vontade de desistir, de como as pessoas à volta podem fazer a diferença.

A depressão é uma realidade que muitos ainda olham com desconfiança. Claro que existem depressões e depressões, mas alguns casos, e não são poucos, são bastante complicados. Um dos aspetos que mais apreciei neste livro foi o facto de o autor nunca tentar convencer o leitor de que o seu caminho é a solução universal. Este é apenas um livro que demonstra a viagem de uma pessoa que conseguiu sair do "buraco" em que estava. Como tal, este não é um livro para uma pessoa com depressão ler e ficar a saber quais as soluções. Este é um livro para dar esperança e força... a solução deverá ser encontrada por cada um.

O nosso cérebro é realmente extraordinário e capaz de muita coisa que ainda não compreendemos. A depressão é uma dela. Felizmente, nunca estive sequer perto de um estado desses, mas mesmo assim, este foi um livro que me ensinou algo. É um livro que emociona e que nos motiva. Aquilo que somos capaz de fazer é impressionante, e a força de querer viver pode fazer a diferença. Este é um livro que é necessário, porque bastará mudar a vida a um leitor, para merecer existir enquanto obra literária.

Tudo o resto que possa dizer sobre este livro, apenas dará detalhes sobre uma viagem que deve ser lida, sentida e questionada. Entrar na mente deste homem, ver o que sentiu e como lutou, é algo que não devemos esquecer, pois esta é apenas mais uma luta que muitas pessoas enfrentam todos os dias. Todos os dias temos pessoas a sofrer de depressão, ou de fome, ou de uma qualquer doença que os empurra a desistir. Este é um livro, que se junta a muitos outros, e que empurra o leitor para uma vida melhor. Se o tema vos interessa, então é um livro recomendado.

Luís Pinto

2 comentários:

  1. Excelente opinião. Muitos parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Parabéns Luis. Como sempre um excelente texto sem revelações e que me deu vontade de ler.

    É um tema complicado e nunca li nada sobre isso.

    ResponderEliminar