segunda-feira, 9 de maio de 2016

PRÍNCIPE LESTAT


Autor: Anne Rice

Título original: Prince Lestat



Sinopse: O regresso das personagens que se tornaram eternas na imaginação e no coração dos leitores "Príncipe Lestat" é um romance épico, exuberante e ambicioso que reúne todos os mundos e seres das lendárias Crónicas do Vampiro. Da atualidade ao antigo Egito, passando pela Cartago do século IV e pela Veneza renascentista, este romance apresenta criaturas fascinantes e anuncia sangue novo para saciar os leitores. Neste livro, o mundo dos vampiros está em crise; em todo o mundo, a mando de uma Voz misteriosa, estes têm sido queimados e massacrados. Cabe então a Lestat e ao seu séquito de bebedores de sangue desvendar os segredos sobre quem é e o que quer a essa Voz.



O regresso do famoso vampiro deixou-me curioso pois na sinopse fiquei com a ideia que avançaríamos por várias épocas e percebendo como Lestat se foi moldando à sociedade, às evoluções tecnológicas, religiosas, sociais, etc... Tal realmente acontece, mesmo que não da forma que esperava. O resultado é um bom livro.

Anne Rice tem aqui uma escrita bastante direta e focada em manter um ritmo o mais constante possível, sempre com alguma rapidez. Senti que algumas personagens poderiam ter mais tempo para serem aprofundadas, mas no geral as principais têm o espaço que precisam para se desenvolverem e terem um contributo ativo no enredo, e, principalmente, para ajudarem à coerência da narrativa. Em alguns momentos senti que a autora estava a forçar o enredo num caminho específico, mas nada demasiado significativo. 

O seu trunfo está no conjunto de personagens e na forma como a autora consegue explorar várias épocas e civilizações. Aqui o seu trabalho de investigação não se mostra notável, mas porque o ritmo do livro não permite ao leitor saber mais e perceber o contexto em que estas personagens vivem. Todavia devo dar o mérito à autora por ter conseguido criar ligações entre várias épocas. Para tal muito ajudou uma personagem que não irei revelar e que faz uma indireta ligação entre tudo o que lemos neste livro.

No final algumas revelações interessantes e a sensação de ter lido algo completo. Não é um livro marcante, mas consegue, em alguns aspetos, ser melhor do que o famoso Entrevista com um vampiro. Gostava que a autora tivesse explorado melhor alguns conceitos mas percebo a questão do ritmo que acabaria por baixar e talvez afastar alguns leitores que procurem algo mais rápido. Se gostam do género, ou de Anne Rice, ou das crónicas vampirescas da autora, então certamente gostarão deste livro.

Luís Pinto

2 comentários:

  1. Não sabia que este livro existia! Vem de certeza para a minha estante!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pela excelente análise como sempre e pelos prémios que o blogue tem ganho!

    ResponderEliminar