sábado, 21 de junho de 2014

O ABRAÇO DA NOITE

 
Autor: Sadie Matthews

Título original: Fire after dark


Este não é o meu género de livros, mas, como em todos os géneros, há sempre algum que fica na nossa memória e por vezes leio um ou outro. Todavia tenho noção que o livro nem sequer é feito para o público masculino, e tal nota-se, principalmente, na forma como o livro é escrito, quer seja porque o livro nos narra uma história como se nós fossemos mulheres, ou quer seja pela estratégia de falar connosco como se fossemos grande amigas e percebêssemos os problemas da personagem principal, que nestes livros é quase sempre uma mulher.

Devido a estes factos, a verdade é que me é sempre difícil entrar no livro e este não foi excepção. A história é interessante, mas inevitavelmente forçada, com uma rapariga que está de rastos porque o namorado a traiu, mas que rapidamente se apaixona por outro homem e parte à aventura (e isto é, basicamente, a sinopse apresentada no livro).

A verdade é que o livro consegue fazer bem o que se propõe num género que apareceu de repente nas nossas lojas e que não consegue ter grande originalidade, pois a grande maioria dos livros descreve uma rapariga fraca que se deixa levar por um homem sedutor que tem umas tendências mais masoquistas durante os momentos mais íntimos. Tirando essa falta de originalidade, o que podemos tentar analisar são as personagens, diálogos e forma como o enredo se desenrola. Este é um género, tal como outros géneros presentes noutros livros que já analisei, que não tem como objetivo ser uma obra prima, mas sim entreter quem procura um tipo específico de leitura. Tal como quem lê um policial de ritmo elevado não pode esperar um grande aprofundar de personalidades ou detalhes, pois o ritmo assim o obriga, também aqui as personagens, narrativa e enredo são moldados pelo género. E quando se acaba este livro chega-se facilmente à conclusão que entretém e queremos ler os próximos livros.

A melhor parte deste livro está, inevitavelmente, "colada" à sua pior parte, que é a forma como as personagens são apresentadas. Por um lado temos uma rapariga fraca (por vezes exageradamente fraca, por vezes compreensível e necessário ao enredo), e por outro lado temos um homem que no início parece ser a perfeição (novamente exagerado em certos momentos, compreensível noutros, pois a narradora está apaixonada). Todavia, estas discrepâncias são necessárias ao livro. Com uma rapariga fácil, tudo parece menos forçado e mais facilmente vemos a nossa personagem principal a ser arrastada para um mundo em que o leitor percebe (caso ainda não o saiba de início) que esse "mundo" não pode ser assim tão perfeito. Por outro lado, a descrição do personagem masculino é demasiado perfeita no início, e tal é compreensível e necessário. Primeiro, por tal como já disse, a narradora está apaixonada, e por outro lado, porque ao criar uma imagem perfeita, o choque é maior quando finalmente o homem se revela como uma espécie de vilão sedutor que irá dividir narradora e leitor.

Com uma narrativa simples e rápida, facilmente lemos este livro, mesmo para um leitor masculino que nunca conseguirá criar uma forte ligação com esta narradora. Existem momentos interessantes, alguns surpreendentes e outros previsíveis, mas em nenhum momento o livro deixa de ser aquilo que é, aquilo a que se propõe e aquilo que faz os leitores comprarem o livro, sendo, por isso, para um público restrito. Posto isto é preciso indicar, novamente, que este é claramente um livro para o público feminino e que se gostam do género, este livro é uma boa escolha e que vos fará continuar a ler e a querer os próximos livros, mesmo tendo em conta que a originalidade neste género ainda não está devidamente explorada. Se gostam do género, é uma boa compra!


Luís Pinto  

2 comentários:

  1. Gostei bastante da forma como analisaste este livro e o género. Acho que tens muita razão e como sou fã destes livros, vou comprar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Helena Freitasjunho 23, 2014

    Já li alguns livros deste género mais erótico mas ainda não estou plenamente convencida. Mas vou comprar este e ver se gosto :P

    ResponderEliminar