sábado, 28 de junho de 2014

AS AVENTURAS DE TOM SAWYER



Autor: Mark Twain

Título original: The Adventures of Tom Sawyer 

Todos nós já ouvimos falar em Tom Sawyer, o rapaz traquina que causa imensas preocupações à tia Polly. Mas o que tornou este livro tão famoso? Como pode uma história de um adolescente nas margens do Mississípi, tornar-se em algo intemporal? A resposta é o toque de qualidade de Mark Twain em cada página.

Se olharmos de forma crítica, o livro Huckleberry Fynn é a obra prima de Twain, mas é com Tom Sawyer que começa a sua merecida fama. Twain apresenta uma narrativa muito particular, com a capacidade, simultânea, de nos levar a sonhar como uma criança, mas também a "descer à terra" e a olhar para certas questões com os olhos de um adulto. É esta mistura que temos durante todo o livro, enquanto aprendemos a gostar verdadeiramente deste rapaz que tem valores morais que não vemos à primeira vista . Pelo meio, a verdadeira amizade com Huck, o rapaz do qual todos fogem, levados pelo preconceito instituído de quem não se preocupa.

É essa a grande diferença de Tom e uma das mensagens mais fortes deste livro: temos de ver para lá do que se vê, temos de pensar por nós, rejeitar certas ideias pré-definidas, e aceitar que a amizade e felicidade pode estar em qualquer lugar, com qualquer pessoa, em qualquer momento. E no fim tal como quando acabamos de ler "Os 3 Mosqueteiros", o que fica é a força da amizade que Tom e Huck conseguem demonstrar ao leitor, ultrapassando as barreiras da sociedade e da cada vez mais fraturante diferença de estatuto financeiro.

E enquanto lemos sobre esta amizade, somos levados por uma aventura cheia de mensagens e sentimentos, onde Twain mostra de forma suave, mas sempre única, a vida de um rapaz que não gosta da escola, mas que gosta da sua família, mesmo que esta não o compreenda em alguns momentos. Tudo isto misturado numa história de mistério em que um simples momento pode mudar a nossa vida para sempre. Mas poucas coisas mudam uma verdadeira amizade.

Tom Sawyer é mais do que uma história de um rapaz traquina. É uma poderosa demonstração de valores morais, valores esses que por vezes perdemos quando nos tornamos adultos e temos de nos moldar a uma sociedade inflexível. Com palavras sábias e um ritmo suave e constante, Twain leva-nos facilmente num livro que é um prazer ler, qualquer que seja a nossa idade e que será sempre diferente quando o voltarmos a ler. Tom e Huck ficarão para sempre na memória de todos os adolescentes que lerem este livro, e os adultos perceberão as suas mensagens e em certos momentos irão ver-se nestes dois rapazes.

Luís Pinto

4 comentários:

  1. É um dos meus livros favoritos, Luís. Parabéns pela análise. Está muito bonita.

    ResponderEliminar
  2. Nunca li e já o estive para comprar. Vou colocar na lista que ainda não estava. Como deve ser um livro barato até sou capaz de o comprar nos próximos tempos.

    Abraço,
    Hélder

    ResponderEliminar
  3. Tiago Piresjunho 29, 2014

    Sempre fui fã dos desenhos animados e lembro-me de quando li este livro e adorei apesar de ser mais forte do que os desenhos. Um grande livro e que analisaste muito bem. Grande abraço.

    ResponderEliminar
  4. Nunca li este livro mas fiquei com muita vontade agora que vi o teu texto. Obrigada pela sugestão. Vou ver se o arranjo baratinho :)

    ResponderEliminar