sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A CORTE DOS TRAIDORES


Autor: Robin Hobb

Título original: Royal Assassin


A Corte dos Traidores é a segunda metade do livro original (Royal Assassin), e tal como na maioria dos casos em que tal acontece, este livro começa com um ritmo elevado. O que temos de aplaudir é que raramente este ritmo baixa.

Esta sensação de ritmo é fundamental pelo facto de estarmos a ler um livro narrado por uma personagem. Trata-se portanto de uma narrativa que não salta entre locais, restrita aos olhos de um rapaz, e um ritmo baixo daria a sensação de uma história que não evolui. Não é o caso.

Este é, de muito longe, o melhor livro da saga até agora. Viciante como os anteriores, mais até, mas principalmente é um livro que explica muito e surpreende ainda mais. Tudo isto acontece principalmente porque a luta contra os Forjados deixa de ser o centro das atenções e acabamos com um livro mais virado para a intriga e consequentemente ficamos mais conhecedores das personagens (seus planos e motivações). Aprofundamos o nosso conhecimento sobre Magestoso (um excelente jogador na corte), Breu, Castro (segredos revelados), Fitz e Sagaz (personagem muito bem conseguida com momentos marcantes), entre outros, e aos poucos a história torna-se mais sólida, com muitas dúvidas a desaparecerem-me da mente do leitor. Neste aspecto tenho de fazer especial destaque para um esclarecimento da autora sobre Sagaz, pois era o pormenor que eu não conseguia perceber desde o livro anterior e desejava que a autora não deixasse de explicar, porque se o fizesse, destruiria o quanto gosto destes livros. Foi uma agradável surpresa e que esclarece bastante! 

Fitz é uma excelente personagem (se não o fosse o livro estaria arruinado), pecando apenas por em alguns momentos mostrar uma ingenuidade acima da "permitida" para quem sempre viveu na corte. No entanto esta característica ajuda, obviamente, a manter vários segredos e intrigas, com acontecimentos e avisos a passarem à sua frente e nada a ser feito. É ainda esta ingenuidade que nos prepara para um final surpreendente. E é esse o momento marcante do livro: o seu final!
A história é toda ela viciante, e a ligação que estabeleci com algumas personagens (Veracidade, Sagaz ou Breu) fez-me ler o livro rapidamente, ritmo esse também ajudado por não conseguir perceber que final teria pela frente. E a verdade é que me surpreendeu, primeiro pela coragem da autora, depois pelas várias portas que pode abrir para os próximos livros, que terão, obrigatoriamente, de ser muito diferentes dos anteriores.

No entanto a autora terá nos próximos livros de explicar por exemplo o comportamento quase destrutivo de uma personagem, ou pelo menos parece-me que será esse o seu caminho. Espero que o consiga e acredito que será uma mais-valia para a saga!
De realçar ainda a evolução da relação entre Fitz e o seu lobo. Esta relação, que se torna cada vez mais importante, dá-nos os momentos mais alegres e também de grande amizade, fugindo um pouco ao ambiente sombrio do livro. Gostei bastante desta evolução, e da forma como Fitz começa aos poucos a estabelecer certos conceitos e como começa a olhar para a forma como os humanos tratam os animais. Parece uma adição de qualidade e que ainda pode dar mais à saga.

Este livro não é uma obra-prima e não revoluciona a fantasia, mas são poucos que o conseguem. O que este livro consegue é ser viciante, bom e deu-me um enorme prazer lê-lo. Tem poucos, ou nenhum aspecto negativo de relevo e como tal, é completamente recomendado. Vou ler o resto da saga, só espero que se mantenha a este nível e apenas gostava de ver um universo mais vasto, pois estamos confinados ao olhar de um rapaz que raramente sai da corte. Mas acima disso espero que os próximos livros aprofundem qual é o objectivo do mal, porque existe e como se enfrenta... a questão é: como poderemos enfrentar e vencer algo que não compreendemos, que não sabemos como se motiva, como se sustenta?
  
Faltam-me dois livros, mas para já, excelente saga e totalmente recomendado!Críticas mais aprofundadas nos próximos livros! Para já, deixo uma pergunta no ar: todas as pessoas que conheço e que tenham lido este livro, dizem maravilhas... não conheço ninguém que não tenha gostado adorado. Então como é possível esta saga não estar a quebrar recordes de vendas? Vamos tentar mudar esta tendência.




8 comentários:

  1. Adorei este livro e adorei a tua opinião. Muito inteligente como sempre. Parabéns. Recomendo a todos!

    ResponderEliminar
  2. Olá Luís,

    Bem antes demais não percebo como não referes a melhor personagem da saga, O Bobo, mas com o tempo irás perceber o que quero dizer, misterioso, sábio verás a quantidade de recursos que a personagem trará ao enredo, fica atento ;)

    Gosto imenso da escritora, pela escrita pelas personagens (Majestoso consegue chatear um pouco :D) e pelo enredo, aqui está a prova que não é necessário muitas personagens / locais, para se criar uma boa história.

    Apenas achei o final da saga, bom por um lado (algo agridoce) mas que fica tudo resolvido nas últimas páginas, mas depois verás e ficarei curioso para saber da tua analise ;)

    E já agora gosto ainda mais da saga seguinte que está a terminar, pois o último volume sai já em outubro o que me está a deixar algo triste lol

    Mas tenho esperança de vir a saber mais sobre este universo, em especial em Vilamonte ;)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Paulo!

      Realmente não falo do Bobo. Nas primeiras duas críticas que fiz da saga, mencionei sempre o Bobo e gostei bastante da sua forma de agir e falar. Não falei neste livro porque realmente esteve muito apagado em relação aos anteriores. Sempre perto de Sagaz, as suas acções não tiveram grande impacto, tirando a parte final, mas isso prefiro não revelar. No entanto já muitos me disseram que o Bobo é a grande personagem e estou à espera para ver nos próximos livros.

      Quando acabar esta saga, sou capaz de começar a seguinte, sobre a qual já me deram todo o tipo de opiniões. Uns dizem que é melhor, outros pior, mas no global, todos dizem que é muito viciante.

      Abraço!

      Eliminar
  3. Também gostei muito desta opinião Parabéns. Apenas li o primeiro mas gostei e um dia vou voltar a esta série.

    ResponderEliminar
  4. Tenho andando a ver as tuas opiniões sobre esta saga. Quando acabares decido se compro mas para já parece que se enquadra no que estou a procura.

    ResponderEliminar
  5. Mais um excelente comentário. Como sempre descobres os erros dos livros e falas sobre eles sem revelar a história. Esta saga parece ter muitos positivos e também oiço falar bem das pessoa que lêem. E os blogues dão todos excelentes notas a este livro!

    ResponderEliminar
  6. Olá,

    excelente opinião :)
    Tenho um selo para ti no meu blog

    ResponderEliminar