segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

A HISTÓRIA SECRETA DA HUMANIDADE


Autor: Michael A. Cremo & Ricahrd L. Thmpson



Sinopse: As origens do homem moderno são assim tão recentes? A teoria da evolução é assim tão cientificamente documentada e inatacável? Uma interpretação arqueológica recente de dois investigadores demonstra o contrário. Ao longo dos últimos dois séculos investigadores descobriram ossos e artefactos indicando que seres como nós existiram na Terra há milhões de anos e não há 100 mil como acreditamos. Mas a ciência convencional parece ter eliminado, ignorado ou esquecido esses factos notáveis.
Este livro bombástico traz à tona descobertas que contrariam a crença dominante sobre a antiguidade e a evolução do Homem. Reunindo um número significativo de factos convincentes iluminados com a sua análise crítica, Cremo e Thompson desafiam-nos a repensar a nossa compreensão sobre as origens, a identidade e o destino da humanidade.



Arqueologia não é uma área que domine minimamente, mas a sinopse deste livro deixou-me curioso. No entanto, fica já aqui afirmado que não tenho qualquer conhecimento que me permita perceber até que ponto este livro se sustenta nos factos científicos mais recentes. Sou, simplesmente, um leitor.

Os autores exploram neste livro a possibilidade de alguns factos científicos poderem estar errados de forma parcial. Para tal é fácil perceber que o livro olha para tudo o que antigamente era considerado verdade há umas centenas de anos, ou mesmo há apenas umas décadas, e afinal já não é. Sendo assim, poderão alguns factos afinal não serem assim tão factos e estarmos enganados?

Nunca me senti perdido no livro, gostei do seu ritmo, apesar de por vezes achar que os autores se repetem um bocado para tentar forçar uma ideia, mas no geral foi uma leitura que me agradou. Mas, como já referi, não consigo perceber até que ponto toda esta teoria pode fazer sentido.

Os autores exploram aqui algumas descobertas, na área da arqueologia e biologia que não encaixam com algumas teorias que atualmente são totalmente aceites como, por exemplo, a Teoria da Evolução de Darwin, uma das teorias mais aceites pelo mundo científico. O livro é simples de ler, dando o que me parece ser o contexto necessário para percebermos o ponto de vista do autor, mas não consigo perceber até que ponto a narrativa está a ser tendenciosa. 

Gostei da forma como o livro está montado, com detalhes interessantes, explicando sempre bem o que precisamos de saber para começar a duvidar de algumas teorias, sem parecer até que ponto o livro poderá estar certo, mas sendo convincente o suficiente para me fazer pensar, até porque parto sempre do princípio que ainda há muito para aprender sobre qualquer tema. 

A leitura foi sempre agradável, viciante e feito de forma a querer continuar a ler e a aprender mais, pensando sobre estas teorias, tentando retirar as minhas conclusões. Mas como disse no início, não consigo perceber até que ponto este é um livro bem sustentado ou apenas que deseja ser polémico, porque não tenho conhecimento para perceber. Mas uma coisa é certa, foi um livro com o qual aprendi bastante e que me deixou com vontade de saber mais sobre vários temas aqui abordados.

Luís Pinto


Sem comentários:

Enviar um comentário