quinta-feira, 22 de março de 2018

O TERROR ENTRE NÓS


Autor: Henrique Cymerman e Aviv Oreg




Sinopse: Partindo de dezenas de entrevistas realizadas a terroristas, espiões, oficiais e chefes de serviços secretos - protagonistas da principal guerra do século XXI - o jornalista Henrique Cymerman junta-se ao especialista em contraterrorismo Aviv Oreg para trazer até nós uma obra que explora as origens da Jiade Global, acompanha de perto os atentados que mudaram a face do mundo e prevê os próximos passos do terrorismo islamista no ocidente.

Perante a lavagem cerebral feita a milhares de crianças raptadas pelos extremistas e as campanhas de ódio que seduzem ocidentais sem objetivos de vida, estaremos a salvo dos esfaqueamentos indiscriminados e dos atropelamentos em massa preconizados pela doutrina da "morte por 1000 punhais"? 



Este livro despertou-me a atenção por explorar um tema que me interessa bastante. Com o tema "terrorismo" a ser um dos mais importantes da nossa sociedade nos últimos vinte anos, muito se fala sobre como este fenómeno/prática poderá chegar a Portugal.

Sendo um livro que mistura factos e entrevistas com a opinião dos escritores, existe uma ideia clara para a qual o livro nos conduz, mas vamos por partes. Em primeiro lugar, devo salientar a muito boa montagem do livro. A narrativa aborda vários temas, entrevistas e factos, e todos nos momentos certos, sendo, claramente, um livro bem estruturado. A isto junta-se um bom esforço para dar aos leitores o contexto necessário para que ninguém se sinta perdido. Factos são explorados, explicados e enquadrados na narrativa sobre vários ângulos para que o leitor perceba o motivos de certos atos, mas também o seu impacto. Afinal de contas, qual é o objetivo do terrorismo? O que é o Estado Islâmico sobre o qual tanto ouvimos falar nos últimos anos? Quais serão os próximos objetivos?

Tal como disse no início da análise, os autores fazem uma boa mistura entre factos e as suas opiniões, mas deixando o leitor retirar as suas conclusões. Este é um aspeto muito importante, o de deixar o leitor pensar e não o atropelar com a opinião de quem escreve o livro. Sabendo explorar bastante bem os temas presentes e com uma boa capacidade de nos mostrar os contextos necessários, este pareceu-me um livro bastante coerente, principalmente a explorar o que tem acontecido nos últimos anos, focando-se bastante nos atentados, no que tem sido feito para serem concretizados e também evitados. Claro que já tendo lido outros livros sobre o assunto, o conhecimento prévio ajudou-me bastante a perceber melhor estas páginas e a ter uma leitura mais rápida, mas também é preciso notar que este livro se foca bastante sobre Portugal e a Europa, o que tornou a leitura mais interessante.

Não há muito mais que possa dizer sobre este livro sem começar a explorar as próprias ideias dos autores. Acho que cada leitor que aprecie e tenha curiosidade sobre este tema, gostará desta leitura, que não é uma leitura leve, mas que ensinará muito a quem viajar por estas páginas, principalmente por ter um bom foco na sociedade europeia. Gostei bastante!

Luís Pinto


Sem comentários:

Enviar um comentário