segunda-feira, 12 de março de 2018

LOUCA

 
Autor: Chloé Esposito
 
 
 
 
 
Sinopse: Louca é um thriller passado em Londres e na Sicília, no espaço de uma violenta semana de verão, e que explora os temas do ciúme e do engano, do crime e da inveja. Uma gémea não só se apodera da vida perfeita da irmã, como se dispõe a continuar a vivê-la. Alvie Knightly está muito em baixo: sem objetivos na vida e a beber demais. A sua vida é ainda pior se comparada com a de Beth, a sua irmã gémea e perfeita. Beth casou-se com um italiano lindo e rico, tem um bebé maravilhoso e sempre foi a preferida da mãe. Há muito tempo que a única coisa que as gémeas têm em comum é a aparência. Quando Beth envia um bilhete de avião à irmã para que a visite em Itália, Alvie mostra alguma relutância. Mas quando é despedida do emprego que detesta e os companheiros de casa a põem na rua, começa a mudar de ideias e a pensar na luxuosa villa de Taormina. Beth pede à irmã que troque de identidade com ela durante umas horas, para poder escapar à atenção do marido. Alvie agarra com unhas e dentes a oportunidade de viver a vida da irmã, ainda que temporariamente. Porém, quando a noite acaba com Beth morta no fundo da piscina, Alvie dá-se conta de que aquela é a sua oportunidade de mudar de vida. E, afinal, o que escondia Beth do marido? E porque é que a convidou para ir a Itália? Alvie vai descobrindo segredos e mentiras à medida que mergulha mais fundo na vida da irmã morta. E terá de fazer de tudo para conseguir suportar as suas próprias mentiras.
 
 
 
Este livro é o primeiro de uma trilogia sobre Alvie, uma mulher com a qual é difícil um leitor criar qualquer tipo de ligação emocional saudável. Desde o início que se percebe que Alvie não será uma persoangem fácil, a questão que se levanta é o porquê.
 
Enquanto a história avança, vamos percebendo o porquê de muito do que esta personagem faz. O passado, os traumas, os medos, os desejos, a loucura. O título Louca encaixa perfeitamente nesta personagem que no fim do livro demonstra que ainda não a conhecemos. Ainda existe muito para descobrir e compreender.
 
De forma geral, a história está bem pensada para explorar a personagem e levá-la em queda livre, com vários acontecimentos a empurrarem o enredo para um ritmo avassalador que deixa a personagem sem opções, levando-a a cometer erros e a decidir por caminhos diretos à destruição. No entanto, muito do que acontece na segunda metade do livro parece forçado, sem grande sentido. Claro que podemos argumentar que a vida por vezes é isso, acontecimentos sem sentido e totalmente inesperados, mas aqui pareceu-me exagerado. Obviamente, muito poderá ser explicado nos próximos livros, mas por agora pareceu-me faltar um caminho bem definido.
 
Gostei de algumas personagens secundárias e gostei dos temas que o livro vai tocando, mas tudo acaba por ser acelerado. Agora que acabei o livro, é fácil perceber que este enredo tempo um pouco de tudo: drogas, sexo, festas, loucuras, violência, crimes, inveja, etc... Tudo acaba por entrar na espiral descendente desta personagem.
 
Os pontos positivos deste livro estão claramente agarrados à personagem, mesmo que não se goste dela. O livro tenta ser original, tenta ser intenso, e em certos momentos consegue. No entanto, os acontecimentos parecem demasiado forçados e precisam de ser melhor explicados no futuro. Vamos ver o que os próximos livros revelam.
 
Luís Pinto
 
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário