quinta-feira, 10 de maio de 2018

A VIDA É YAMMI








Como todos vocês sabem, o foco deste blog não é o de falar sobre livros de culinária, até porque nem sequer percebo muito do assunto. No entanto, quando olhei para este livro, pensei que poderia falar sobre ele do ponto de vista de uma pessoa que cozinha diariamente mas sem dominar a área, que é o meu caso.

Decidi pegar então na Yammi e perceber até que ponto faria sentido uma pessoa como eu comprar este livro para fazer boas receitas e, de preferência, fáceis e rápidas.

Como qualquer livro de receitas, está dividido de forma intuitiva e gostei das imagens presentes em cada receita. É fácil perceber de imediato se será uma receita simples ou não, quando tempo demora e o que é preciso. Nada que outros livros já não tenham feito antes, mas é sempre um ponto essencial. Posto isto, decidi fazer todas as receitas do livro durante os últimos meses e ver se seria um livro a recomendar a alguém como eu e se estas receitas se adaptariam ao dia a dia para serem receitas uteis e que me poupassem tempo e trabalho.
 
Como em todos os livros de receitas, algumas das aqui presentes não voltarei a fazê-las, ou porque não gostei, ou porque não fazem sentido. A receita de ovos mexidos é boa, mas parece-me que pouco ou nada me beneficia em relação a fazê-los como sempre fiz. Por outro lado há receitas muito interessantes neste livro, não só na secção das bebidas (gostei de todas e já repeti várias), mas também nos pratos principais e nas entradas. Gostei, por exemplo, de fazer barritas de granola, pão, manteiga de amendoim, sopas, carbonara ou até Panna cotta. O trunfo não está apenas no resultado da receita, mas principalmente no quanto é mais fácil fazer tal receita na Yammi e não sem ela (pelo menos para mim).
 
Após alguns meses com este livro, a verdade é que repeti várias receitas, não só porque são boas mas porque se tornam mais simples com a Yammi. Como disse no início, nem todas as receitas voltarei a fazer, mas no geral este é um livro que me ajudou e que recomendo a quem procure novas receitas para a Yammi, ou até para outra máquina parecida, pois a verdade é que é possível adaptar com facilidade.
 
Luís Pinto

Sem comentários:

Enviar um comentário