segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

ACÁCIA - Presságios de Inverno


Autor: David Anthony Durham

Título original: Acacia – The War with the Mein


O primeiro livro de Acácia prometia uma boa continuação. Com um mundo interessante, muito devido à escravidão que sustenta todo o poder económico dos povos, e uma boa diversidade étnica/cultural, Durham apresentara algumas personagens que me conseguiram prender e esperar por este livro, porque a verdade é que ficara a necessidade de perceber o que poderia esta saga dar-nos afinal. Poderia este livro agarrar-me definitivamente à saga?
A verdade é que esta continuação não é uma obra-prima, mas foi uma surpresa muito positiva. Com aspectos que gostei bastante, e um ou dois que nem tanto, a verdade é que este livro consegue ser muito melhor do que o anterior (na versão original trata-se apenas de um livro).

O grande trunfo deste livro é o seu ritmo. A partir do momento que o agarrei, e agora que estava mais familiarizado com o mundo, não o consegui largar. Rápido, cheio de acção, acelera e acelera, como uma bola de leve a rolar numa montanha. O livro torna-se de tal forma rápido que por vezes gostava que fosse mais lento para conseguir "apreciar uma paisagem", mas a verdade é que Durham continua a escrever a sua história sem parar, e eu não consegui parar de ler.
As personagens são mais desenvolvidas do que no livro anterior, o que ajuda a uma aproximação entre o leitor e o enredo, mas este “aprofundar” não é igual a todas as personagens, e senti que conhecia perfeitamente algumas personagens enquanto outras continuavam algo distantes, como se ainda não conseguisse conhecer a sua personalidade. Tal facto torna-se mais evidente quando percebemos que algumas personagens, teoricamente secundárias, são muito mais aprofundadas do que algumas principais, e por vezes bem mais interessantes. Posto isto posso dizer que algumas personagens não estão ao nível da história, ou pelo menos não tiveram nestas páginas a oportunidade de se mostrarem, mas a verdade é que essas são as personagens que não desenvolvem a história, e como tal não existe uma grande sensação de vazio.
No entanto, como antes disse, este livro vive da história! A intriga mantém-se, sustenta grande parte dos desenvolvimentos e agora que o acabei posso afirmar que por várias vezes fiquei espantado com o que acabara de ler. Durham, arrisca com alguns momentos inesperados, eleva a qualidade do livro e convence. A sua escrita é mais forte, mais violenta (o que agradará a muitos leitores), mas principalmente é muito mais prática! Arriscaria mesmo a dizer que existe uma evolução na escrita de Durham mesmo dentro do próprio livro (versão original). Mas claro que aqui é o meu gosto pessoal a falar, pois aprecio uma escrita mais "objectiva" do que "descritiva" (se é que as posso classificar assim).

Num olhar global este livro apresenta algumas personagens bem interessantes, uma história muito boa, surpreendente e sem quebras de ritmo, tornando este livro num vício. Infelizmente do mundo pouco mais é revelado mas tal não era necessário para os acontecimentos. No entanto é bom ter bem presente as descrições/explicações do primeiro livro. Uma boa intriga, um mundo que pode dar muito mais, e muitas perguntas sem resposta. Tudo aguça o apetite pelo próximo livro onde Durham terá o desafio de conseguir sustentar muitas das decisões tomadas por algumas das suas personagens, para que muito deste livro não pareça forçado, e ao mesmo tempo revelar mais sobre o mundo, de forma a parecer mais coerente, porque o pouco revelado acabará sempre por criar perguntas.
Como disse antes, este livro não é uma obra-prima, mas se fores um apreciador de fantasia, então provavelmente irás ler este livro sem conseguires parar, gostarás muito mais deste do que o anterior e irás querer ler mais. Vale a pena ler e continuar!

E uma vez mais a capa está muito apelativa!

15 comentários:

  1. Obrigada por não revelares nada. Fico contente por achares que houve um avanço importante na qualidade. Em principio compro nos próximos tempos. Mais uma crítica muito boa da tua parte e muito agradável de ler.

    ResponderEliminar
  2. Mais uma excelente crítica sem spoilers. parabéns, nao deve ser fácil!

    ResponderEliminar
  3. há já algum tempo que esperava por uma opinião a este livro. como disseste que fazia parte dos que querias ler este ano fiquei à espera.

    gostei imenso do que escreves-te. um livro melhor e não revelaste nada. Parabéns pelo excelente trabalho. obrigada pela motivação para continuar com esta saga.

    ResponderEliminar
  4. Esta crítica é uma excelente notícia. Estava a ponderar não continuar com esta saga. Sendo assim continuarei. Muito bom texto sem spoilers!

    ResponderEliminar
  5. Não comecei a ler a saga porque decidi esperar até saber se este livro era bom ou não. Acho que vou arriscar. Gostei bastante do que li aqui e claro que as tuas críticas motivam sempre uma pessoa.

    GPR

    ResponderEliminar
  6. bem volta a entrar nas prioridades depois de ler a tua critica. Ainda me falta comprar o ultimo do Martin e do Feist, dai estar um pouco na duvida, mas agora fiquei curioso.

    Penso ser normal este livro ter melhorado em relação ao 1º volume, pois na realidade esta é a 2ª parte do volume original, logo é normal que o 1º volume prepare alguns acontecimentos para encerrar esta primeira fase da trilogia.

    E depois é como referes já estamos mais familiarizados com o tipo de escrita.

    Ainda bem que temos algumas surpresas pela frente :D

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo, se te falta comprar o último do Martin e do Feist, então é mesmo isso que tens de fazer. Estou ansioso para acabar a saga do Mago que esteve sempre em grande nível. Espero um bom final!

      Abraço

      Eliminar
  7. Para já fiquei convencida mas ainda vou tratar de ler outras séries primeiro. Mas já está na wishlist. como sempre uma boa crítica, nem é preciso dizer.

    ResponderEliminar
  8. Também estava um pouco reticente em relação a esta saga. o primeiro livro teve comentários positivos e negativos e então esperei por este. Se falas de uma melhoria, acabarei por o comprar nos próximos tempos. como sempre um texto apelativo e sem spoilers. Bom trabalho!

    ResponderEliminar
  9. Secretamente quase que desejava que não tivesses gostado do livro, assim tenho mais uma saga para começar e já tenho tantas abertas.

    ResponderEliminar
  10. Mais uma excelente opinião Luis, adoro ler o que tu escreves e desejo que continues a trilhar esta rota de sucesso! :)
    Este livro será uma das minhas próximas leituras.

    Luis, eu dei-te um selo do Liebster Blog ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lars. Também já li a tua opinião sobre o Reinos do Caos. Agora vamos ficar à espera.

      Em relação ao selo, OBRIGADO, nem sabia do que se tratava. Assim que tiver tempo, trato de o enviar a outros blogs! e depois quero saber o que achaste do Acácia!

      Abraço!

      Eliminar
  11. Ok, mais um para comprar. As tuas opiniões são a minha morte. Já comprei mesmo muitos depois de ler o que escreves. Este será mais um, e era algo que não estava à espera. Não estava numa de ler esta saga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fonny, não me quero sentir responsável por qualquer colapso financeiro da tua parte!

      Eliminar
  12. confesso que não ia comprar esta saga, mas agora deste-me a volta. Uma crítica tão positiva em relação ao primeiro deixou-me a pensar. Obrigada e continua com o bom trabalho!

    ResponderEliminar