domingo, 20 de novembro de 2011

HARRY POTTER e o Prisioneiro de Azkaban

Autor : J. K. Rowling

Título original: Harry Potter and the Prisoner of Azkaban


Este é o livro em que notamos a escrita de Rowling a amadurecer mais e mais, tornando este livro melhor do que os dois anteriores, com novas personagens e criaturas mais sombrias, temas mais fortes, tudo ajuda este livro a vincar ainda mais a qualidade da série. 
Certamente um dos mais adorados pelos leitores, este livro apresenta personagens que serão importantes para o futuro, juntamente com revelações do passado, artefactos que demonstram uma imaginação prodigiosa da autora e no fim grandes revelações que nos fazem sonhar com os próximos livros.
O mundo de Rowling continua a desenvolver-se, e percebemos que a imaginação da autora não irá parar de nos surpreender, criando novos cenários, costumes e personagens, tudo isto com uma escrita que nos deixa facilmente imaginar o que lemos, sem esforço. Este é certamente um dos segredos de Harry Potter. Adeus descrições enfadonhas e extensas! Aqui Rowling dá-nos o essencial com uma leveza que nos permite continuar a ler e ler sem cansar, mostrando que os livros anteriores não foram obra do acaso.
As personagens continuam a evoluir, cada vez as conhecemos melhor e às suas personalidades vincadas que nos dão a sensação que as conhecemos há anos e estará aqui outro dos segredos de Rowling!
Este livro, centrado na fuga de Sírius Black da prisão de Azkaban, torna-se imediatamente mais negro, mais maduro, e rapidamente percebemos que o futuro da série perderá aos poucos o ambiente mais infantil dos livros anteriores. Para tal muito ajuda a sensação de que Harry corre perigo desde o início do livro, algo que não se sentiu  na "Pedra Filosofal" nem na "Câmara dos Segredos", juntamente com a presença constante dos Dementors. Resultado, lê-mos o livro à velocidade da luz na busca de sabermos como irá o jovem feiticeiro salvar-se desde fiel servo de Voldemort, capaz de proezas incríveis no mundo da feitiçaria. 
Devo ainda falar de algumas introduções que adorei, como o Vira-Tempo e as excelentes criaturas Dementors, as minhas favoritas da saga, e ainda a personagem Lupin, o novo Professor em Hogwarts, que rapidamente se torna numa personagem com a qual nos preocupamos.
Quando li há muitos anos este livro pela primeira vez, acabei-o em dois dias, foi uma leitura tão fácil como viciante. Todas as outras vezes que o li tudo se manteve. A leitura sempre me prendeu, nunca sentindo a tentação de “ler na diagonal” por já ter lido antes, nunca sentindo a sensação de parar porque já sabia o que iria acontecer. O efeito Harry Potter permanece, cheio de magia, de momentos que nos fazem rir e de vontade por conhecer mais e mais deste mundo que aos poucos conquista o mundo literário. Rowling não demoraria muito a pôr o mundo a ler, algo que muitos poucos autores se podem dar ao luxo de dizer.
Um excelente livro, sem um único momento de desilusão, mesmo quando as expectativas eram tão altas. Já o li três vezes, e um dia voltarei a fazê-lo!Não há muito mais a dizer. Dentro de dias falarei do próximo, um livro simplesmente fantástico!

4 comentários:

  1. Um dos meus favoritos da colecção.
    O meu personagem preferido continua a ser o Snape... Adoro-o...
    Nesta saga podemos dizer que a escritora teve uma evolução maravilhosa e notável. Algo que, infelizmente, não acontece com muitos livros, como Crepúsculo... -.-'' (Um erro de leitura na minha opinião).

    Gostei muito da crítica.

    ResponderEliminar
  2. olá NamelessGirl.
    Para mim o Snape é a grande personagem. Mal acabei o sexto livro passou a ser o meu favorito e depois no sétimo chegou a confirmação.
    Também concordo contigo na evolução da escrita da Rowling e no desperdício de tempo que se tornou gradualmente ler a saga Crepúsculo.

    Obrigado pelo teu comentário. Aparece mais vezes!

    ResponderEliminar
  3. É dos meus preferidos! boa opinião, não largues o HP!

    ResponderEliminar
  4. Este é um dos meus preferidos, sendo que o último da saga é o outro da lista. :) Mas claro que todos eles são de leitura obrigatória!

    ResponderEliminar