terça-feira, 27 de novembro de 2012

SEGUNDA OPORTUNIDADE


Autor: James Patterson

Título original: 2nd chance



Após ler o primeiro livro desta saga (Primeira a morrer) decidi voltar às aventuras de Lindsay e ver que outros casos iria desvendar.
A fórmula é a mesma que no anterior: capítulos rápidos, sempre preenchidos com algum acontecimento que faz a história acelerar enquanto não nos permite identificar o assassino.

Aqui não existe grande complexidade nem espaço para pormenorizadas descrições. O segredo de Patterson está no ritmo sempre elevado e na capacidade de nos surpreender. Patterson apenas olha ao detalhe de fatores que possam ajudar ao desvendar do mistério e o leitor vê-se mergulhado numa montanha russa de ação e mistério.

Patterson explora temas interessantes e diferentes em cada livro, transformando esses temas na base da história e motivos do assassino. No entanto, este serial-killer não consegue ter o impacto que teve o vilão do anterior livro, não pelo motivo, mas pela sua personalidade e forma de actuar... mas aqui é uma questão de gosto.

Um dos aspetos mais interessantes é o aprofundar das personagens, principalmente de Lindsay, revelando um pouco sobre o seu passado e projetando a história para algo mais pessoal, e que a levará a momentos de maior risco. O livro lê-se sem parar, com uma cadência frenética de revelações e apesar de ser mais previsível que o anterior, a verdade é que não conseguimos parar. E estará aqui o segredo do grande sucesso que rodeia este autor em todo o mundo: a forma como monta o livro, dando as revelações nos momentos ideais.

Com um ou outro momento que me pareceram mais forçados, a verdade é que Patterson dá-nos mais um livro viciante. Não está ao nível do primeiro, mas consegue executar a missão de entreter, viciar e levar o leitor a pensar sobre como se conseguirá apanhar o serial-killer. 
O facto de lermos os livros pela sua ordem cronológica ajuda à compreensão do desenvolvimento das personagens, apesar de não ser obrigatório, pois cada livro tem uma história independente.

Para os fãs deste tipo de livros, com ritmo frenético bem ao estilo de James Patterson, então este é mais um livro a ser lido, pois a imaginação deste autor ajuda a criar o suspense ideal para cada tema. Se gostaram do primeiro livro, continuem com a saga, pois o melhor ainda está para vir.

3 comentários:

  1. Já tenho esta saga na lista para ler quando quiser desanuviar e ler algo rápido. Boa crítica!

    ResponderEliminar
  2. Luis, tens de ler "The Jester": http://www.jamespatterson.com/books_jester.php

    É um livro totalmente diferente daquilo a que James Patterson nos habituou. Achei muito Bom!

    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Parece-me uma boa série para entrevalar entre aqueles livros muito grandes. Vou estar de olho neste autor.

    ResponderEliminar