quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

TERCEIRO GRAU


Autor: James Patterson

Título original: 3rd Degree


Após um bom começo de saga e de um segundo livro que não conseguiu estar ao nível, este terceiro livro é sem grande dúvida o melhor da série. 

E porquê? Porque Patterson arrisca. Em primeiro lugar temos um grupo de terroristas  com motivações interessantes, e o enredo vê-se envolto num tema polémico e atual. A crítica social está presente, mas o mais provável é só darmos por ela quando acabarmos o livro, tal é o ritmo a que a leitura se desenrola. Tudo isto torna o livro mais coerente e com maior qualidade.

Outro ponto a favor é o facto de pela primeira vez sentirmos que as personagens principais estão em risco e aquele sentido de proteção dada pelo autor desaparece, tornando o livro muito mais realista, levando a saga para um caminho que não consigo antever.

A fórmula é a mesma: ritmo elevado, personagens que são aprofundadas um pouco em cada livro e uma enorme necessidade de continuar a ler até ao fim. Mas este livro, para além de mais polémico, é também o mais surpreendente de todos. Imprevisível em muitos momentos, não é muito difícil descobrir a identidade do mestre por detrás do grupo terrorista, mas este é também o primeiro livro da saga em que identificar o vilão não é o mais importante... e quem ler, irá perceber o que quero dizer.

Capítulos pequenos, rápidos como sempre, com finais que nos obrigaram a ler mais umas páginas, e espaço apenas para os detalhes que façam avançar a história, Patterson traz-nos o livro visualmente mais leve da série, desaparecendo um pouco o olhar macabro dos anteriores vilões, mas tal não faz este livro ser menos interessante. Lindsay continua a ser a personagem principal mas perde alguma da sua preponderância, e agora temos alguns capítulos das restantes amigas. Esta adição é muito agradável e apenas se pedia que em certos momentos a narrativa fosse mais lenta para termos uma melhor noção dos sentimentos de quem estamos a seguir.

Tal como sempre, Patterson faz um livro dentro da sua fórmula. Não esperem obras-primas, nem narrativas complexas e belas. Isto é uma série de ação, para ser lida em poucos dias, para colar o leitor às suas páginas e entreter até à última linha. Não há grandes descrições nem grande filosofia ou pensamentos profundos. O que há, é uma enorme necessidade de continuar a ler, se este género vos agradar. James Patterson é um nome a seguir! E quem gostar do autor, não deverá perder este livro.

3 comentários:

  1. Cada vez me convences mais a olhar para este autor. Fica marcado para a próxima feira do livro.

    ResponderEliminar
  2. Ultimamente tem-se falado bastante deste autor. Sou capaz de ler esta saga para o ano. Obrigada pela divulgação.

    ResponderEliminar
  3. Quando começas-te a falar desta serie nem conhecia o autor. Não fazia ideia que vendia tanto. Já tenho os livros todos em mente mas se calhar só para o ano que as finanças não estão grande coisa.

    ResponderEliminar