quarta-feira, 25 de março de 2020

O LADO NEGRO DA MENTE


Autor: Kerry Daynes



Sinopse: «Toda a minha carreira se baseia no trabalho que desenvolvo com indivíduos que cometeram crimes graves e no apoio que presto às vítimas na sua tentativa de superar o trauma. Vítima ou criminoso, lido com seres humanos nos seus momentos de maior desespero.»
 Bem-vindo ao quotidiano de uma psicóloga forense. Não há dois dias iguais. Não há pacientes previsíveis. O trabalho é muitas vezes perigoso e quase sempre inquietante.
Kerry Daynes trabalha de perto com alguns dos criminosos mais violentos e desafiantes das prisões e hospitais psiquiátricos do Reino Unido - e também com as vítimas dos seus crimes. O seu dia é passado olhos nos olhos com o lado negro da mente humana, a tentar entender as ações brutais de homens e mulheres que foram condenados pelo sistema judicial e a ajudá-los a encetar o caminho para se tornarem cidadãos respeitadores da lei.
Mas olhar para o abismo todos os dias tem os seus custos, e o testemunho lúcido e rico de Daynes mostra-nos os perigos pessoais e profissionais que ela incorre e as experiências e pessoas que mais a influenciaram como psicóloga forense. O Lado Negro da Mente é uma viagem inesquecível às causas do comportamento humano mais extremo e a um conjunto de sistemas mal adaptados para lidar com ele.



Mal li a sinopse deste livro fiquei com bastante vontade de explorar as suas páginas. Sendo um livro com histórias reais, o que vemos aqui é uma leitura viciante mas também perturbadora. Kerry junta neste livro vários casos de grande carga emocional, quer seja com nos contactos com os criminosos ou com vítimas.

Num livro de escrita direta, simples, crua, a autora leva-nos numa viagem que não se esquece tão cedo, focada nos pensamentos mais negros ou nos traumas mais profundos das pessoas com as quais foi trabalhando. Expondo cada caso com detalhe suficiente para não nos sentirmos perdidos, vamos vendo como a autora "abriu" caminho pela mente dos seus pacientes, como os estudou, como tentou aproximar-se e ajudar ou compreender cada uma das mentes que tinha à sua frente. 

Um dos aspetos mais interessantes deste livro está na forma como a autora se adapta ao que vai encontrando, como vai tirando as suas conclusões e como arrisca em certos momentos para chegar aos pontos e momentos mais importantes na mente de cada pessoa, explorando os seus traumas, desejos, medos e objetivos, chegando ao muitas vezes subconsciente de cada pessoa para conseguir perceber o porquê de certa decisão ou como poderá ser possível ajudar aquela pessoa a esquecer algo.

Este livro foi, da primeira à última página um excelente livro. A viagem à mente destas pessoas teve tanto de fascinante como de perturbadora porque é real. O que vemos aqui é o lado mais negro das mentes humanas, e exploramos o porquê ou as suas consequências. E durante esta viagem vamos aprendendo, vamos criando ligações, vamos percebendo a forma como Kelly foi avançando num trabalho mentalmente exaustivo. Apesar de o tema não agradar, obviamente, a todos os leitores, aqueles que apreciarem este tema têm aqui uma leitura incrível, das melhores que já li sobre esta área e que fica na vossa memória durante muito tempo. Muito bom!

Luís Pinto






Sem comentários:

Publicar um comentário