segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

TRAIÇÃO


Autor: Jason Matthews

Título original: Red sparrow



Sinopse: Nate Nash acaba de ser descoberto. O jovem agente está em Moscovo, onde trafica informações com o mais valioso espião da CIA no Kremlin. Os russos não sabem quem os anda a trair. Mas perceberam que Nate é a peça-chave para desmascarar o agente duplo. Os russos jogam então o seu trunfo - Dominika Egorova, estrela do ballet clássico caída em desgraça no Teatro Bolshoi. Extremamente atraente, dotada de uma capacidade excecional para "ler" emoções, é forçada a aceitar uma missão: seduzir Nate Nash. Começa o jogo. Da Grécia a Helsínquia, dos corredores de Washington aos aposentos imperiais de Vladimir Putin a trama complica-se. Nate e Dominika percebem que dependem um do outro para sobreviver.


Sempre gostei bastante de ler espionagem. Apesar de não ser dos géneros que mais comento aqui no blog, a verdade é que leio bastante. No entanto, nenhum livro se aproximou do grande "O espião que saiu do frio", a obra prima da espionagem e pelo qual todos os outros se regem. "Traição" é um livro que, tal como todos os outros, não consegue chegar à qualidade do livro de le Carré, mas fica perto. Este primeiro livro de Jason Matthews não é para quem goste de ação e ritmo elevado. Aqui temos a espionagem crua e dura, as políticas, os favores, os diplomatas, as regras e os preços a pagar. "Traição" é um verdadeiro livro de espionagem e que agradará aos grande fãs do género.

Aqui não se espera ação, mas sim a silenciosa batalha de uma guerra fira que nunca acabou, apenas mudou de palco. Pelo meio lemos um enredo forte, lento, cheio de detalhes que apenas quem viveu estas situações nos poderia dar. O conhecimento do autor é palpável a cada linha e com este livro aprendemos imenso, e com isso, este é mais do que um enredo de ficção, este é um livro que ensina e nos deve fazer pensar.

Mais do que nas personagens, esta história assenta na forma de atuar dos serviços de informação e o enredo desenvolve-se com uma facilidade enorme, e com ele o romance e o crescimento das personagens. As personagens estão bem construídas, com especial destaque para Dominika e Gable (o grande personagem deste livro), que apesar de secundário, oferece uma qualidade ao livro que não é fácil de se esquecer.

Por outro lado está o ritmo, baixo, sereno, que nos ajuda a perceber toda a teia de interesses e ações que estão em movimento, e é aqui que está a diferença: o livro, tal como na própria espionagem, demonstra que tudo é importante. Cada detalhe pode fazer a diferença, e este livro não é exceção. Claro que no fim, o que interessa é a história e este enredo é mesmo muito bom. Haverá, certamente, quem não aprecie este livro quando o acabar, mas em grande parte, será mais por culpa do próprio leitor que deseje um enredo mais vibrante e com a ação que costumamos ver no cinema. Isso, aqui, não existe. Aqui as armas são outras...

"Traição" é mesmo muito bom. É, provavelmente, o melhor livro do ano no seu género, mas também é um dos melhores livros de sempre de espionagem. O que o torna tão bom? Tudo, desde a primeira à última linha, onde o final se aplaude após uns segundos de incredulidade. Não sei se haverá um próximo, mas eu vou estar à espera! Mesmo muito bom!

Luís Pinto

6 comentários:

  1. Não esperava uma análise tão boa. Vou comprar de certeza. Obrigado pela sugestão, Luís. Parabéns pelo texto!

    ResponderEliminar
  2. Também fiquei muito curiosa e vou dar uma vista de olhos :)

    Bjs e boas leituras!

    ResponderEliminar
  3. Olá,

    Bem não posso ignorar um comentário destes, a ver se consigo ler :)

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Luis tu és demasiado perigoso para a carteira dos teus seguidores!
    Estive a ver que o autor do livro é um antigo membro da CIA, por isso deve conhecer bem o meio.

    ResponderEliminar
  5. Se o Luís diz que é bom, tem de se comprar. Mais um para a lista de natal e este é uma surpresa.

    Luís, parabéns pelo texto. Sempre um perigo com análises a convencer as pessoas :)

    Abraços!

    ResponderEliminar
  6. Olá a todos! Obrigado pelos vossos comentários! tem sido bastante difícil conseguir responder a tempo mas obrigado pelos elogios e opiniões. Mais livros em breve!

    Abraços e boas leituras!

    ResponderEliminar