segunda-feira, 3 de setembro de 2018

OS ROBÔS QUEREM O SEU EMPREGO


Autor: John Pugliano

Título original: The robots are coming




Sinopse: Como sobreviver num mundo cada vez mais dominado pela tecnologia e inteligência artificial.
Durante muito tempo julgou-se que os robôs constituiriam uma ameaça apenas para os operários fabris. Mas os tempos estão a mudar e todas as pessoas, até mesmo as licenciadas e doutoradas, correm o risco de ser suplantadas pelas máquinas.
Mas, mais do que dizer o que todos já sabem (que o futuro pertence às máquinas). Os robôs querem o seu emprego é um guia prático que nos ajuda a compreender, prever e lidar com uma economia em constante mudança.
Numa linguagem acessível, que desconstrói o mundo tecnológico, encontramos a explicação para a Inteligência Artificial colocar tantos empregos em risco e, mais importante, um plano de ação para tornar qualquer pessoa num elemento imprescindível no local de trabalho.



A inteligência artificial é um dos temas que mais gosto de ler, até porque é a área em que trabalho. Por isso, sempre que aparece um livro que me parece interessante, lá vou eu ler. O que John Pugliano faz aqui é uma abordagem ligeiramente diferente a um tema cada vez mais explorado. Afinal qual é o futuro dos empregos agora que a inteligência artificial começa a ajudar em muitas áreas?

Sobre o tema em si não irei aqui explorar o ponto de vista do autor, com o qual concordo em alguns aspetos e noutros não, algo que é normal tendo em conta que por trabalhar na área também tenho um ponto de vista que levaria a muitas e muitas linhas de texto.

Em relação ao livro, o autor faz um trabalho interessante em desmistificar alguns conceitos que as pessoas criam em relação ao tema. Com isto, este é um livro que qualquer pessoa poderá ler, mesmo sem ter conceitos prévios sobre o tema. A isto junta-se uma montagem lógica dos temas, para que quando chegarem as perguntas realmente interessantes, o leitor consiga ter o seu próprio pensamento lógico e criar as suas respotas, podendo ter um pensamento crítico e até implementar na sua vida algumas das ideias que o autor aqui vai explorando.

Sendo um livro de fácil leitura sobre um tema complexo e que certamente ainda terá muito para ser falado nos próximos anos, este livro é uma boa introdução ao tema numa fase da nossa sociedade em que a economia e a política terão de começar a olhar para a IA de forma séria para que seja benéfica para nós.

Se, após lerem a sinopse, acharem o tema interessante, então de certeza que gostarão deste livro, que serve tanto para os que pouco percebem do assunto, como para aqueles que já dominam alguns conceitos e têm a sua própria visão. Como é óbvio, num tema tão volátil e com tantas possibilidades, o que o autor tem aqui é uma visão e algumas possibilidades que mesmo que possam não estar totalmente certas, terão um impacto e uma respsota do nosso lado, e, globalmente, é isso que o livro nos tenta dar: formas e respostas para como encarar este tema.

Luís Pinto



Sem comentários:

Enviar um comentário