quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Passatempo: Dragon Quest + Império Final


PASSATEMPO

Dragon Quest XI + Império Final


Os passatempos têm sempre de continuar, e por isso hoje temos um pack muito interessante!

A todos os que tornaram este passatempo possível, o meu muito obrigado! Agradeço também a todos os que participarem! Boa sorte a todos!


Regras do passatempo:

O passatempo termina dia 28 de outubro

Apenas é permitida uma participação por fã/subscritor

Para se habilitarem a ganhar, basta serem fãs do Tek Test no Facebook (link aqui) e no canal no Youtube (link aqui), preencherem o formulário com os vossos dados e responderem à pergunta.

Pergunta: Qual a nota dada ao Dragon Quest XI na análise do Tek Test? (Link aqui)

Se partilharem o post do passatempo, será acrescentado mais uma participação em vosso nome! (Link aqui)

Boa sorte a todos!



terça-feira, 16 de outubro de 2018

Passatempo: V-Rally 4 - Vencedor!


PASSATEMPO

V-Rally 4



Chegou ao fim mais um passatempo, desta vez com o V-Rally 4 para PS4


Em primeiro lugar, como sempre, tenho de agradecer a todos os que tornaram este passatempo possível.

A todos os que participaram, o meu muito obrigado!

Não se esqueçam que podem ver a análise ao jogo no canal Tek Test (Link aqui)

E o vencedor é: 

Filipe Fernandes Silva

Parabéns ao vencedor!

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

MARKETING DE CONTEÚDO


Autor: Rafael Rez




Sinopse: Este livro é sobre o presente e o futuro do marketing! Tem começo, mas não tem fim. Esta leitura pretende expandir a sua mente, ajudá-lo a ligar os pontos, a mostrar-lhe como trabalhar como gente grande que está na vanguarda do mercado. Ninguém tem tempo a perder e todos gostariam de ter mais horas no dia para dar conta de tudo o que têm para fazer. Conseguir que alguém lhe preste atenção dentro deste contexto tem muito valor.
Se ainda não entendeu o poder do «Marketing de Conteúdo», chegou agora o momento! Este livro será o seu guia para o início da sua viagem por este mundo incrível e encantador. Nunca mais verá o marketing da mesma forma.



Marketing é uma área sobre a qual tenho falado pouco aqui no blog e quando vi este livro achei que esta seria uma boa oportunidade. Num mundo cada vez mais competitivo e onde todas as pessoas têm menos tempo, a capacidade de fazer bom marketing é mesmo muito importante. Acreditando que este seria um livro capaz de ensinar e interessante de falar no blog, decidi começara lê-lo e valeu a pena.

Sendo um livro rápido e adaptado para que qualquer pessoa o possa ler, não se tratar de uma leitura profunda e académica, nem o tenta ser. É sim, um livro que pode ser lido por qualquer leitor, quer tenha ou não, conhecimentos básicos do tema.

É, portanto, um livro que começa de forma simples, explorando os conceitos base que vão sustentar toda a leitura e também todas as conclusões e caminhos que o autor irá percorrer. Com uma escrita direta e simples, o autor monta bastante bem a narrativa, não só no avanço que vai fazendo, mas também nos exemplos que se ligam à nossa vida do dia a dia e que ajudam a uma melhor compreensão, principalmente para aqueles não conheçam algumas técnicas ou conceitos usados em marketing.

Quando se acaba o livro o nosso conhecimento aumentou. Como já referi, este não é um livro profundo ou académico sobre o tema. É uma leitura interessante, bem estruturada, que ensina bastante mas que está criada para agradar a qualquer leitor com muito ou pouco conhecimento. Se querem aumentar os vossos conhecimentos neste assunto, então este é um livro a ter em conta que, provavelmente, irá ensinar-vos bastante e a ver o marketing de forma diferente durante o vosso dia a dia.

Luís Pinto



Passatempo: Três coroas negras - Vencedor!


PASSATEMPO

Três coroas negras

Vencedor!


Chegou ao fim mais um passatempo e como sempre, tenho de agradecer à Porto Editora por me  possibilitar oferecer este livros aos que seguem o blog.

A todos os que participaram, o meu muito obrigado por ajudarem a que estes passatempos sejam um sucesso.

E fiquem atentos, há mais passatempos em breve!


E o vencedor é:

Sónia Carvalho

Parabéns à vencedora!

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

21 LIÇÕES PARA O SÉCULO XXI


Autor: Yuval Noah Harari



Sinopse: Qual o verdadeiro significado dos eventos que hoje testemunhamos e como poderemos lidar com eles à escala individual? Que desafios e escolhas se nos deparam? O que poderemos legar ou ensinar aos nossos filhos? Algumas das questões que procurarei explorar e dar resposta incluem o significado da ascensão de Trump, se Deus estará ou não de regresso ao nosso mundo, se o nacionalismo pode ser a resposta a problemas como o aquecimento global.

O livro está dividido em 5 partes (O Desafio Tecnológico, o Desafio da Política, Desespero e Esperança, Verdade, Resiliência), cada uma delas com questões dedicadas a temas específicos, no total de 21 lições para o século XXI.



Para quem não conhece este autor, Yuval Harari escreveu Sapiens e Homo Deus, e aqui tenho de ser categórico em afirmar que são dois dos melhores livros que alguma vez li. Com Sapiens, o autor atingiu o sucesso mundial, a notoriedade que merecia e tornou-se num dos maiores nomes neste género. Sapiens é um livro obrigatório para qualquer leitor, independentemente dos seus gostos. A seguir, com Homo Deus, Harari mostrou ao mundo que Sapiens não foi sorte, mas sim talento e conhecimento profundo. Foi a confirmação de que se trata de um dos melhores escritores no seu género. Se tivesse de escolher os 50 melhores livros que li, Harari teria lá esses dois livros, e quantos autores conseguiriam o mesmo feito? Aclamado pela crítica, com vários críticos de renome a apontarem estes dois livros como os melhores do ano em que foram lançados, Harari regressa agora com um livro algo diferente. Será mais uma obra prima?

Se tiverem lido os primeiros dois livros, então o maior inimigo deste livro será a expectativa. Simplesmente porque estaremos à espera de um livro sublime, uma obra prima vertiginosa, tal como são os dois primeiros. Após baixarmos as expectativas, percebemos que este livro tem uma estrutura completamente diferente dos anteriores, focando-se de forma diferente, ensinando de forma diferente, querendo ser diferente na abordagem para que não se limite a ser uma lição, mas sim um cruzar de ideias entre o autor e o leitor, para que nós possamos ler, assimilar e questionar as próprias lições enquanto encaixamos as várias ideias nos factos e começamos a perceber o puzzle.

Claro que aqui, ao abordar tantos temas, o autor demonstra um grande conhecimento, apesar de não de forma tão esmagadora como nos livros anteriores. Aqui Harari deixa de ser o professor, para ser o analista, e juntos analisamos o que está a acontecer neste momento, quais as tendências e o porquê das mesmas. é uma visão global da atualidade e do que está para vir.

Posto isto, o autor não avança de forma mais cronológica como nos livros anteriores, mas sim em temas, criando uma teia de assuntos que se ligam e que fazem sentido nesta ordem, porque o autor está constantemente a criar a sua base para depois retirar as suas conclusões, e nós, leitores, fazemos o mesmo. O resultado final é um livro muito inteligente, bem montado e que apenas sofre com o facto de não ser tão bom quanto os dois livros anteriores, não só pela sua estrutura diferente, mas também porque as áreas que toca e os objetivos que tem são outros. No entanto, uma coisa é certa, estará, de certeza, entre os melhores livros de 2018.

Luís Pinto


terça-feira, 9 de outubro de 2018

MINDHUNTER: CAÇADOR DE MENTES


Autor: John Douglas



Sinopse: Os bastidores de alguns dos casos mais terríveis, mais impressionantes e desafiadores investigados pelo FBI .
Ao longo de mais de duas décadas ao serviço desta instituição, o agente especial John Douglas tornou-se uma figura lendária, com uma ação exemplar na aplicação da lei e na perseguição aos mais sádicos e violentos homicidas do nosso tempo. 
Tal como John Crawford em O Silêncio dos Inocentes, Douglas confrontou, entrevistou e estudou muitos assassinos em série, entre os quais Charles Manson, autor dos macabros crimes de Los Angeles no final da década de 1960. Com uma extraordinária habilidade para se colocar quer no lugar da vítima quer na do criminoso, Douglas analisa cada cena do crime, revivendo mentalmente as ações de um e de outro, definindo os seus perfis, descrevendo os seus hábitos, antevendo os passos seguintes. 
Um fascinante relato de vida de um agente especial do FBI e da mente dos mais perturbados assassinos em série que ele perseguiu.
Escrito com a força de um thriller, embora assustadoramente real, Mindhunter é um clássico do género. Um livro que serviu de inspiração à série homónima da Netflix.



Em primeiro lugar é preciso afirmar que ainda não vi a famosa série da Netflix que se inspirou neste livro. Posto isto, este foi um livro que de imediato quis ler quando o vi. Empurrado a ler, não só pelo nome agora conhecido mundialmente, mas principalmente pela sinopse, este livro foi exatamente o que esperava: uma viagem vertiginosa e profunda à mente de alguns serial killers.

Com uma escrita simples e direta, o autor agarrou-me rapidamente e levou-me numa viagem inesquecível pela mente desde assassinos. A força crua como o autor tenta explorar essas mentes é o grande trunfo, ajudando-nos a tirar conclusões que numa primeira análise não seriam imagináveis. Aprofundando vários episódios diferentes, é interessante ver como a própria forma de abordar os cenários vai mudando para o autor. Com a sua experiência a ser o grande fio condutor da sua investigação, e com uma capacidade brutal para juntar ao seu conhecimento a facilidade de "entrar" na mente das pessoas, o autor escreve um livro que parece um thriller, que se lê de rajada e sem qualquer esforço. 

Tendo sido um livro que li a grande velocidade, foi preciso parar para tirar as minhas conclusões, para absorver tudo o que autor me estava a mostrar e explicar. Este é um livro forte, duro, quase alarmante. Ver até onde pode ir a mente humana é uma viagem que pode ter tanto de fascinante como de aterrador. E neste caso, é aterrador, porque sentimos que é real, porque sabemos que é real, porque estamos a ver o lado mais negro da mente humana.

Para minha surpresa, este foi um dos melhores livros que li nos últimos tempo dentro do seu género. Uma viagem arrepiante, direta, crua e que explora os limites de algumas mentes, os objetivos, os sonhos, os traumas. O conhecimento do autor é impressionante e sente-se a cada página, não só pela forma abrangente e clara como fala, ma também pela forma como usa toda a sua experiência profissional para ligar todos os pontos e tornar o livro em algo muito bem estruturado. Se apreciam o tema, acreditem, este é um livro a ter, sem dúvida.

Luís Pinto


segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Passatempo: Fortnite - Pack de prémios




PASSATEMPO

Fortnite - Pack de prémios



Para além dos dois passatempos neste momento ativos aqui no blog, está na altura de começarmos mais um. Desta vez iremos oferecer um Pack Fortnite composto por:




Jogo Fortnite Deluxe Edition (PS4)
Mochila
Poster
Tapete de Rato (tamanho XL)
Livro
T-shirt (tamanho escolhido pelo vencedor)



Em primeiro lugar, como sempre, tenho de agradecer a todos os que tornaram este passatempo possível. Este foi um passatempo bastante difícil de se concretizar, mas estou bastante feliz com o resultado final.


A todos os que participarem, o meu muito obrigado, e boa sorte!


Regras do passatempo:

O passatempo termina dia 21 de outubro

Apenas é permitida uma participação por fã/subscritor

Para se habilitarem a ganhar, basta serem fãs do Tek Test no Facebook (link aqui) e no canal no Youtube (link aqui), preencherem o formulário com os vossos dados e responderem à pergunta.

Pergunta: Qual a nota dada ao Fortnite na análise do Tek Test? (Link aqui)

Se indicarem 3 amigos no post do passatempo, a vossa participação conta a triplicar!!!!(Link aqui)

Se partilharem o post do passatempo, será acrescentado mais uma participação em vosso nome! (Link aqui)






Passatempo: Spider-Man - Vencedor


PASSATEMPO

Spider-Man

Vencedor!



Chegou ao fim mais um passatempo no blog e, como sempre, tenho de agradecer a todos os que tornaram possível esta iniciativa, com especial destaque para a PlayStation Portugal, e a todos os que participaram e partilharam!


Foi mais uma iniciativa de grande sucesso e nos próximos dias teremos novos passatempos, por isso estejam atentos!


E agora, sem mais demoras, o vencedor é:

Diana Santos

Parabéns à vencedora!

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Passatempo - V-Rally 4



PASSATEMPO

V-Rally 4



Para além dos dois passatempos neste momento ativos aqui no blog, está na altura de começarmos mais um. Desta vez iremos oferecer um V-Rally 4 para PS4!


Em primeiro lugar, como sempre, tenho de agradecer a todos os que tornaram este passatempo possível.


A todos os que participarem, o meu muito obrigado, e boa sorte!


Regras do passatempo:

O passatempo termina dia 14 de outubro

Apenas é permitida uma participação por fã/subscritor

Para se habilitarem a ganhar, basta serem fãs do Tek Test no Facebook (link aqui) e no canal no Youtube (link aqui), preencherem o formulário com os vossos dados, responderem à pergunta e indicarem 1 amigos no post do passatempo! (Link aqui)

Pergunta: Qual a nota dada ao V-Rally 4 na análise do Tek Test? (Link aqui)


Se partilharem o passatempo, a vossa participação conta a dobrar!!!


Nota: O jogo oferecido é em código para a PSN.


quarta-feira, 3 de outubro de 2018

FORTALEZA IMPOSSÍVEL


Autor: Jason Rekulak

Título original: The impossible fortress



Sinopse: O primeiro amor de Billy Marvin foi um computador. Depois conheceu Mary Zalinsky. Estamos em 1987 e três adolescentes planeiam um roubo genial: a edição de maio da revista Playboy, com nus integrais da beldade mais apetecível da televisão. Para os jovens, a revista é como o Santo Graal: inestimável, mas impossível de alcançar.
Entre noites passadas a ver filmes, a ouvir música e a jogar computador, Billy, Alf e Clark concebem um plano arriscado: Billy deve tornar-se amigo de Mary Zelinsky, filha do dono da loja de conveniência, e assim conseguir acesso ao interior da loja e às revistas. Mas Mary não é uma adolescente normal: adora computadores, tem um grande sentido de humor e um coração ainda maior. E o que começa como um mero jogo para conquistar a confiança de Mary acaba no maior dilema da vida de Billy: dececionar a rapariga que pode ser o seu primeiro amor ou quebrar a promessa que fez aos seus melhores amigos?



Fiquei mesmo muito curioso com este livro mal acabei de ler a sinopse. Havia aqui algo de adolescente, de nerd, de geek que parecia encaixar totalmente com a ideia base. Tal como esperava, é um livro para adolescentes, com grande foco nos nerds, mas não só. Este é um livro que nos faz sorrir com as ideias dos adolescentes, com os planos que criamos nessas idades, com as confusões que sentimos. A vida adolescente é isso mesmo: uma confusão em que não sabemos o que queremos, ou quando achamos que sabemos, na realidade não é bem assim.

Com uma escrita simples, direta e por vezes divertida, o autor explora a mente dos adolescentes que são nerds, que estão a descobrir algo, que estão confusos, empolgados, sem saberem o que sentem. O contraste entre os vários personagens, rapazes e raparigas, é um dos grandes trunfos deste livro, que ao misturar-se com a cultura nerd e com o sentido de humor de algumas personagens, acaba por criar um conjunto muito interessante de fatores que tornam o livro viciante, fácil de ler mas também capaz de nos recordar momentos da nossa adolescência, mesmo que não tenha sido tão nerd.

Apesar de ser um livro claramente adolescente, com diálogos adolescentes, é viciante ver como estas personagens evoluem, como se alteram durante o enredo e como o próprio livro se torna mais maduro. É um livro de descoberta e que nos leva a criar uma ligação muito interessante com os personagens principais, até porque provavelmente teremos conhecido alguém parecido.

Com uma estrutura inteligente, o autor explora temas mais maduros, leva-nos a olhar para o mundo com os olhos de um adolescente e o resultado é uma leitura rápida e que nos prende até ao fim. Sim, é um livro de nerds, sim, é um livro de adolescentes, mas qualquer leitor já passou ou passará por essa fase, por isso, acaba por ser uma obra para qualquer idade, desde que ainda se tenha alguma parte mais sonhadora dentro de nós.

Luís Pinto


terça-feira, 2 de outubro de 2018

Passatempo: Três coroas negras


PASSATEMPO

Três Coroas negras



Os passatempos continuam, uns atrás dos outros, e, uma vez mais, em parceria com a Porto Editora, terei para oferecer um dos grandes livros do momento!

Em primeiro lugar, como sempre, tenho de agradecer à Porto Editora por me dar esta oportunidade.

A todos os que participarem, o meu muito obrigado, e boa sorte!


Regras do passatempo:

O passatempo ternima dia 12 de outubro

Apenas é permitida uma participação por pessoa

Para se habilitarem a ganhar, basta serem fãs do Ler y Criticar (link aqui) e do Tek Test no Facebook (link aqui) e preencherem o formulário com os vossos dados!


Se partilharem o passatempo, a vossa participação conta a dobrar!!!





TRÊS COROAS NEGRAS



Autor: Kendare Blake

Título original: Three Dark Crowns



Sinopse: A CADA GERAÇÃO, NA OBSCURA ILHA DE FENNBIRN, NASCEM TRÊS IRMÃS GÉMEAS.

Três rainhas herdeiras de um só trono, cada uma possuindo um poder mágico muito cobiçado. Mirabella é capaz de inflamar o incêndio mais violento ou a tempestade mais terrível. Katharine consegue ingerir um veneno mortal sem sentir os seus efeitos. De Arsinoe diz-se capaz de fazer florir a rosa mais vermelha e controlar o leão mais feroz.
Mas para uma delas ser coroada rainha, não basta ter a linhagem certa. As trigémeas terão de conquistar o seu direito à coroa, lutando por ele… até à morte.
Na noite em que as irmãs completam 16 anos, a batalha começa. E a rainha que sobreviver, conquistará a coroa!


Este é um dos livros mais vendidos dos últimos tempos por este mundo fora e quando chegou ao nosso país percebi que teria de o ler e perceber o que alimentava este fenómeno.

A ideia base, que podem ler na sinopse, é simples e de imediato agarra o leitor que aprecie este género literário. O livro é bastante focado na fantasia, mas sem deixar de explorar as personagens e o mundo. Mas vamos por partes.

Neste livro as três irmãs são a base com a qual iremos explorar o mundo com a sua a fantasia e tudo o que o envolve, desde tradições, profecias, religiões, políticas, etc... é um livro rápido, progredindo ao ritmo das irmãs, explorando as diferenças entre as três, a forma como vão jogar e como tentarão vencer este jogo. Pelo meio, interesses políticos, jogo de bastidores e uma carga psicológica interessante e bem explorada, principalmente porque as irmãs irão lutar umas contra as outras. E é com esta carga psicológica mas também política e de jogo de poderes que o enredo avança, sempre envolto em magia. 

No entanto, o que torna o livro viciante é o facto de cada leitor acabar por criar uma ligação maior com uma ou outra irmã, tendo uma preferida. Assim, de imediato queremos saber qual das irmãs se tornará rainha e como o conseguirá. Com estas ligações e com dúvidas constantes, o enredo avança sempre com novas perguntas e novas respostas que dão origem a novas perguntas. E assim avançamos sem parar enquanto este mundo aumenta em complexidade, revelando questões sociais interessantes e o passado deste mesmo mundo e de algumas personagens. Tudo é muito cinzento e poucas personagens são o que parecem numa fase inicial.

Quando acabamos este primeiro livro, a sensação principal é que este universo ainda tem muito para dar e que, provavelmente, o melhor ainda está para vir. Este é um bom começo, sendo um livro que cria bem a sua base, com momentos mais adolescentes e outros mais adultos, e em grande parte focado para o público feminino que possivelmente criará uma ligação mais forte com qualquer uma das irmãs. Fiquei com curiosidade para ler os próximos livros e perceber se realmente o enredo vai no caminho que me parece mais lógico. É, globalmente, uma leitura incrivelmente viciante, com altos e baixos, momentos surpreendentes mas também alguns momentos forçados, mas que certamente irá agarrar todos os leitores que vejam esta sinopse e fiquem curiosos. Venha o próximo!

Luís Pinto