quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM UNITY


Autor: Alberto Simões


Sinopse: Atualmente, com o grande salto de qualidade dos smartphones, o desenvolvimento de jogos cresceu enormemente e muitos programadores resolveram aventurar-se na criação de jogos simples, que muitas vezes se revelam grandes sucessos. Para facilitar o desenvolvimento de jogos, surgiu o Unity 3D, um motor de jogo genérico mas cheio de potencialidades, que é para muitos a ferramenta mais poderosa na criação de jogos de todos os tipos e para diferentes plataformas. Com o objetivo de dar a conhecer as potencialidades desta poderosa ferramenta, apresentamos este livro. 
Baseado num projeto prático, o leitor é conduzido numa viagem ao desenvolvimento de um jogo completo, desde a modelação de um terreno, passando pela inclusão de uma personagem animada dos seus inimigos, até à interface gráfica. 
Cada capítulo implementa diferentes tipos de funcionalidades, abordando diversas técnicas úteis no desenvolvimento de jogos com Unity. A obra encontra-se organizada em torno de um único projeto, com recurso à linguagem de programação C#. 
Cada capítulo apresenta um conjunto de funcionalidades independentes, que podem ser experimentadas para aferir a compreensão dos tópicos, e de novas técnicas para a implementação das funcionalidades necessárias ao funcionamento do jogo, que o leitor pode utilizar.



Alguns de vocês devem saber que trabalho em programação e por isso os livros técnicos estão sempre comigo. Criar jogos foi um dos motivos para estudar informática numa altura em que os jogos eram quase todos em consolas ou computadores. Hoje, com os milhões de smartphones espalhados pelo mundo, qualquer pessoa tem acesso a jogos, não só para os jogar, mas também para os criar.

Graças a estas tendências, motores de jogo ganharam popularidade, e nessa área nenhum tem a abrangência do Unity. Este livro tem como objetivo levar-nos a criar um jogo, do início ao fim enquanto lemos cada página e vamos fazendo os exercícios. Quando acabarem o livro terão uma compreensão abrangente, ainda que superficial, do que poderão fazer com o motor Unity. E pelo meio, certamente terão muitas ideias para criarem o vosso próprio jogo.

Gostei bastante da forma como o livro está estruturado, sempre com uma boa componente teórica e, principalmente, uma excelente componente prática, que avança lentamente para que o leitor, por menos experiência que tenha de programação, consiga perceber o que está a ler, o que está a fazer bem ou mal.

Até agora, este foi o melhor livro que li para os que procuram uma introdução a esta área da programação. É um livro suave, sem aprofundar tudo o que o Unity permite, mas com a capacidade de nos ensinar o básico de forma muito consistente. Se querem um livro para começarem a fazer videojogos, este livro é a escolha certa, quer tenham conhecimento ou não de programação. Depois deste livro fica mesmo a vontade de se criar um jogo!

Luís Pinto

Sem comentários:

Enviar um comentário